11 maio 2017 - 18h26

Grafite admite "momento difícil" do Furacão

O atacante Grafite reconhece a má fase do Atlético. Após quatro jogos vencer e sem marcar gols, o Furacão tem a chance de reverter o momento complicado na estreia do Campeonato Brasileiro diante do Bahia, no domingo (14), às 16h, na Fonte Nova.

O último jogo com vitória e redes balançando foi diante do Flamengo por 2 a 1, pela Libertadores. Depois disso, o Furacão amargou duas derrotas por 3 a 0 dentro da Arena da Baixada, para o rival Coritiba, pelo Paranaense, e para o San Lorenzo, pela Libertadores.

E, nos dois últimos jogos, novamente contra o Coritiba, pela finalíssima do Estadual, e contra o Santa Cruz, pela Copa do Brasil, empates por 0 a 0. Grafite afirma que os últimos resultados afetaram o time, mas confia em uma recuperação já na estreia do torneio nacional.

"É trabalhar. O momento não está fácil. Foram duas derrotas doídas, que nós sentimos muito, mas é trabalhar. Jogar no Atlético é assim, complicado e difícil. Domingo, lá em Salvador, vai ser difícil da mesma maneira. Precisamos ter um rendimento melhor, voltar a marcar e conseguir a vitória", afirmou o atacante.

Contratado no final do ano passado, Grafite chegou prometendo 30 gols em 2017, porém, só balançou as redes um vez na temporada. O gol foi diante do Millonarios, no dia 1º de fevereiro, pela fase eliminatória da Libertadores.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que já sabíamos!

“Já se sabe que foi um erro o que aconteceu, os amistosos não terem acontecido, e não ter disputado o Estadual porque a preparação ficou…