O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 maio 2017 - 15h15

Recomeçar novamente, como sempre

Após os quatro meses deste ano, com alguns acertos e erros, se chegou ao final do campeonato paranaense com uma certeza. Temos que melhorar o nosso plantel e contratar um técnico que venha a substituir Paulo Autuori, caso, o mesmo, aceite o convite para ser o Diretor de Futebol do CAP.

Não podemos mais ficar nas apostas. Pivetti é uma aposta e até o momento não demonstrou que será o nosso técnico para o restante do exercício 2017. Existem técnicos hoje mais rodados como uma melhor aposta do que o Pivetti. Um deles é o técnico do Londrina. Para mim um dos melhores que hoje está atuando no futebol paranaense sem ter a fama de medalhão e que nem o considero ‘aposta’ mas uma certeza de um profissional competente. Mas também se pode olhar para São Paulo, onde tem o estadual mais forte do Brasil, e sempre se tem técnico de qualidade pelo seu interior. Quem não tem lembrança do Vadão? Para mim foi uma boa aposta que deu certo no CAP na época, hoje é um acerto se o trouxerem de volta para o clube.

Também temos que rever as nossas prioridades ou será que o Sallim aprendeu direito com o MCP, de como se enrola um torcedor. Pois lembro que disse que iriamos entrar em todos os campeonatos para ser campeões e o Paranaense deste ano foi menosprezado como sempre. E ficamos com a sensação que mais ajudamos os nossos “adversários” regionais do que conquistamos de fato o que é nosso por direito, pela estrutura física do clube, pelo seu potencial em relação aos outros, mas devido a birras, a gente acaba dando sopa para o azar e ajudando os demais.

Mesmo com um time formado por jogadores inexperientes da base e poucos utilizados no grupo principal, acabamos como vice, mas se tivéssemos caprichado mais, dado o devido valor ao Paranaense como deveria ser, pelo discurso de todos os anos dos nossos Presidentes, hoje estaríamos com mais um título no acervo e calado a boca de muita gente.

Só que isso, só irá mudar, depois que um Presidente Atleticano assumir o clube e for responsável e nos colocar no ápice do campeonato estadual e dos demais que possamos competir. Caso contrário é promover festa para os nossos “adversários”.

Que estes Presidentes deixem suas arrogâncias de lado, e foquem a Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Libertadores, caso contrário será a mesma vergonheira de sempre, como foi este ano o Paranaense.

Perder não é vergonha, vergonha e ficar se justificando de algo que nem se deveria fazer já que não quer disputar com coerência e responsabilidade perante sua torcida.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…