O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
13 jun 2017 - 21h27

A cada rodada mais próximo da Série B, se não mudarem de rumo

Do jeito que as coisas estão se encaminhando no Campeonato Brasileiro, a situação é preocupante. Pois já se passaram seis rodadas com 18 pontos disputados e nós somente conseguimos conquistar, dois pontos até o momento, só que o time não inspira esperança que neste quadro irá ocorrer uma reversão para melhor.

Até porque a fala do técnico não é lá das mais convincentes “Essa não é a colocação que o Atlético tem que estar, mas está. Então temos que ter tranquilidade, sentar com os jogadores para ajustar as coisas e voltar a vencer. Não é com desespero, terra arrasada. A equipe vinha fazendo bons jogos, estamos caminhando. É preciso ter paciência neste momento”, avaliou o treinador.

Já deveriam ou deveria ter feito isso, “sentar com os jogadores e ajustar estes caras”, pois perder é normal dentro de um campeonato como este, mas perder como vem perdendo, corriqueiramente, isso já não é mais possível de ser tolerado.

Quando digo que as classificações na Copa do Brasil e Libertadores tem cara de acidente de percurso, fica evidente quando se vê este mesmo grupo de jogadores atuando no Campeonato Brasileiro, e não se pode dar como desculpas desgastes físicos, pois o Grêmio também participa da Copa do Brasil e Libertadores e não está mal dentro do Campeonato Brasileiro, então à única explicação plausível é falta de comprometimento e muita falta de visão dos nossos dirigentes em perceber que algumas contratações foram erros imensuráveis para o atual quadro em que está o CAP no Campeonato Brasileiro.

E não tenho esperança que iremos passar das quartas de finais paras as semifinais enfrentando o Grêmio. Acho que na Copa do Brasil já deu o que tinha que dar com este grupo de jogadores e Libertadores para mim, também terá o mesmo rumo. Portanto o que irá nos restar é o Campeonato Brasileiro e pior de tudo brigando contra o rebaixamento daqui para frente, já que estes pontos perdidos não se recuperam mais e teremos que vencer praticamente todos os jogos e ainda contar com outros resultados para melhor ficar posicionado na tabela e no Campeonato Brasileiro.

Só que este grupo atual, não inspira confiança e nem esperança para isso, e até o técnico que eu admiro desta nova geração, já está deixando em dúvida se é o cara certo para fazer esta mudança. Mas tem o elemento, material humano, que não o ajuda, quem sabe com algumas contratações de verdade e sem sacanagem com o torcedor rubro negro, o Eduardo Baptista consiga arrumar a casa.

Mas até lá é passar vergonha, raiva e tristeza a cada rodada com este grupo de jogadores, e mais uma coisa, muda o Santos (goleiro), pois goleiro que sai do jeito que ele saiu no primeiro gol do Santos (clube), é para ser o quinto na lista de reservas do Wevertom, bem que o titular também não está jogando lá estas coisas também este ano,e parte destes pontos perdidos é da conta dele. Fora a zaga mais peneira do Brasileirão. E sinceramente, todos os setores do campo, ataque que não marca, lateral esquerdo que não sabe jogar, meias que não alimentam o ataque adequadamente e volantes que não ajudam a defesa. Enfim, uma baita porcaria isso que eles chamam de grupo de jogadores que irão nos fazer ‘feliz’ como disse um dia o Sallim, só se for os torcedores adversários, pois os atleticanos estão com muita vergonha na cara.

Pois caro torcedor e companheiro de sofrência atleticano, as coisas estão complicadas para nós, e até tem suas justificativas para isso. Não aproveitam o Paranaense para montar uma equipe coerente e pronta para os campeonatos nacionais e que possa dar suporte para os internacionais. Os nosso ‘co-irmão’ fizeram a sua lição de casa no Paranaense, ajustaram o grupo de jogadores, corrigiram as falhas e efetivaram um técnico que criaram dentro do clube e hoje estão como vice deste campeonato nacional.

E nós? Todos nós acreditando nos velhos factoides de todos os anos dos nossos dirigentes. Querem ganhar o mundo e não conseguem nem conquistar o Paranaense. É o paradigma paradoxal que o senhor Petráglia nos faz querer acreditar todos os anos.

Uma baita sacanagem com nós torcedores do Clube Atlético Paranaense.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Resumão

Resolvi escrever o texto somente hoje… Depois do jogo do Ceará, em que o time fez uma boa partida, curiosamente não foi comandado por Felipão…

Fala, Atleticano

Expectativa

Pois é, o que tenho agora é uma expectativa em relação ao futuro do CAP neste ano. Mudamos de técnico, alguns jogadores chegaram, outros foram…