28 jun 2017 - 1h05

Liminar é negada e Libertadores deve ser na Vila

A novela que antecipa o duelo contra o Santos, no dia 5, pelas oitavas de final da Libertadores está próxima do fim. A juíza da 15ª Vara Cível, Aline Koentopp, indeferiu o pedido do Atlético, que exigia a realização da partida no Couto Pereira devido a um contrato firmado entre a diretoria Rubro-Negra e a do alviverde. A juíza acatou os argumentos da defesa do Coritiba, que alegou ser impossível a realização da partida devido a troca do gramado do estádio. Resultado que, se não alterado, deve levar o duelo para a Vila Capanema.

O Paraná Clube possui desde o dia 26 (segunda-feira) um laudo do Corpo de Bombeiros para receber 20 mil pessoas na Vila Capanema, mediante algumas modificações no estádio. Como a diretoria Rubro-Negra já destacou que não pretende levar o jogo para fora de Curitiba o estádio paranista deve ser o provável fim dessa novela.



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…