13 jul 2017 - 0h15

Torcida protestou nas arquibancadas após a derrota

A torcida atleticana protestou contra os jogadores e dirigentes do Furacão após a derrota para o Cruzeiro por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (12), pelo Campeonato Brasileiro. Das arquibancadas saíram vaias e gritos de "time sem vergonha", "queremos jogador", além de dizeres contra os presidentes Luiz Sallim Emed e Mário Celso Petraglia e contra o sistema de inteligência do clube, o DIF.

A torcida organizada Os Fanáticos ainda gritou o nome de ex-jogadores do Furacão, como os dos atacantes Walter e André Lima. O Furacão não vence há cinco jogos – somadas as três competições que participa, Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

"Eles estão no direito de cobrar, estão querendo resultado, mas sempre o torcedor tem o direito de cobrar. A gente tem que concentrar cada vez mais porque só nós vamos sair desta situação", afirmou o volante Otávio em entrevista coletiva após a derrota.

O Furacão volta a campo contra o Corinthians no próximo sábado (15), às 19h, na Arena Itaquera. O Atlético está na 15ª posição, com 15 pontos.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…