2 nov 2017 - 19h31

Com efeito suspensivo parcial, Nikão não enfrenta a Raposa

Ao que tudo indica, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deve agir rapidamente para reduzir a pena absurda aplicada ao meia Nikão, pela expulsão já nos acréscimos do jogo contra o São Paulo, na 28ª rodada do Brasileirão. Esta semana, em primeiro julgamento, o atleta foi suspenso por cinco partidas – já cumpriu um jogo, contra o Vitória, e ficaria de fora contra Cruzeiro, Corinthians, Botafogo e Ponte Preta, voltando apenas na 36ª rodada, contra o Vasco. Mas atendendo ao pedido do clube, o STJD concedeu um efeito suspensivo parcial e Nikão desfalca o time inicialmente por apenas mais um jogo, contra o Cruzeiro, mas poderá voltar contra o Corinthians, dia 08 de novembro, na Arena da Baixada.

O lance da expulsão ocorreu já nos acréscimos na derrota por 2 a 1 para o São Paulo, quando Nikão acertou sem bola o atleta Maicosuel em lance descrito pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique como "uso de força excessiva". Nikão foi denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, com pena prevista de quatro a doze partidas.



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…