4 dez 2018 - 22h07

Junior Barranquilla em campo: retrospectiva do adversário da final

Equipe não tem bom retrospecto contra brasileiros, mas é forte na Colômbia

Fundado no mesmo ano do adversário Atlético Paranaense, em 1924, o Club Deportivo Popular Junior Fútbol Club S.A., mais conhecido como Junior Barranquilla, começou a jogar profissionalmente em 1948, conquistando já o vice-campeonato do Dimayor (Divisão Maior do Futebol Colombiano), ficando atrás do mesmo adversário das semifinais da Sul-Americana desse ano, Santa Fé.

O time já teve brasileiros ilustres defendendo a camisa, como Garrincha, Dida e Quarentinha, em 1967, mas a consagração da equipe veio só em 1977, quando conquistou o primeiro campeonato nacional. De lá para cá já são sete títulos, sendo o terceiro time mais antigo da Colômbia e um dos mais tradicionais do país. O nome mais famoso do clube é de Valderrama, que jogou entre 1993 e 1995. Além disso, o clube também possui duas Copa Colômbia, conquistadas em 2015 e em 2017.

Participações na Sul-Americana

Assim como o Atlético, é a primeira vez que o time colombiano chega à final. Para chegar até aqui passou por Lanús, Colón, Defensa y Justicia e o Santa Fe. É a quinta vez que o Junior participa da competição e, antes de 2018, a melhor colocação também foi chegar às semifinais, no ano passado, onde enfrentou o Flamengo.

Aliás, foi a terceira vez que a equipe foi eliminada por brasileiros. A primeira foi nas quartas de final, em 2004, pelo Internacional, depois pela Chapecoense, na mesma fase, em 2016. Em 2017, os colombianos chegaram a enfrentar o Sport nas quartas de final, vencendo o primeiro jogo por 2 a 0 e empatando o segundo em placar fechado. O tropeço na semifinal diante do clube carioca teve duas derrotas seguidas, primeira de 2 a 1 e a segunda por 2 a 0. No começo de 2018 o time de Barranquilla também disputou a Libertadores, porém não passou da fase de grupos, onde perdeu para o Palmeiras nos dois jogos.

Apesar de ter poucas e recentes experiências com times brasileiros, podemos ver que o retrospecto da equipe colombiana não é nada bom.  Histórico que esperamos que continue nas próximas quartas-feiras, dia 5 e 12 de dezembro, contra o Furacão.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…