11 maio 2019 - 14h46

Thiago Heleno e Camacho foram pegos no antidoping; clube ainda não se pronunciou

O zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho foram pegos no controle antidoping da Conmebol. A informação foi divulgada em primeira mão neste sábado (11/5) pelo UOL Esporte e rapidamente se espalhou nas redes sociais.

A matéria, de Napoleão de Almeida, informa que a entidade notificou o clube quanto ao zagueiro Thiago Heleno, que está suspenso preventivamente – esta foi a razão pela qual ele não vem atuando nas últimas partidas. O uso de substância teria sido identificado após o jogo contra o Tolima, no dia 9 de abril, na vitória por 1 a 0 do Furacão na Arena da Baixada.

O volante Camacho foi submetido ao controle antidoping no jogo contra o Jorge Wilstermann, no dia 24 de abril, na derrota por 3 a 2, mas ainda se aguarda o resultado da contraprova.

Nutricionista

A substância teria sido ingerida por meio de um suplemento indicado pelo próprio departamento de nutrição do clube. Segundo o UOL, outros atletas também teriam utilizado a substância – casos de Bruno Guimarães e João Pedro (hoje no Paraná).

Este teria sido o motivo do afastamento do meia Bruno Guimarães do jogo contra o Boca Juniors, na última quinta-feira. Bruno foi cortado às vésperas do jogo para surpresa geral. O clube informou que ele estava com amigdalite.

E agora?

Pelo regulamento da entidade, o uso de substância proibida pode gerar sanção apenas ao atleta. Portanto, o clube não corre risco de perda de pontos ou de qualquer outra punição.

Thiago Heleno está suspenso preventivamente. Haverá prazo para recurso.



Últimas Notícias

Opinião

PlaneJUMENTO

Antes de tudo, dar os devidos créditos ao @fabiangarrett93 que cunhou tal termo no Twitter sendo de uma felicidade incrível pois ilustra perfeitamente aquilo que…