O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
22 jul 2019 - 8h48

Biometria, torcida organizada, visitante e torcida mista – sugestões!

Quem é que não tem orgulho de ir ao estádio Joaquim Américo confortável, decente e grande. Muito grande para nós. O que torna um estádio com espaço suficiente – isso é bom – para pobres, classe média, ricos. Para torcida do Athletico, para torcida visitante e também para torcida mista.

Por que não?

Vivemos dentro de campo um dos melhores anos da nossa história, acabamos de ser campeão após 17 anos, estamos nas oitavas da Libertadores pela quarta vez, estamos na semifinal da Copa do Brasil pela segunda vez e temos um Campeonato Brasileiro tranquilo para fazer.

Fora de campo, já na arquibancada começam os problemas que não precisavam, assim como não precisamos da grama sintética para vencer, embora seja um diferencial, nossa torcida também é, sempre foi reconhecida. Não precisamos de torcida organizada, mas tê-la no estádio é ótimo.

Por que não?

Não consigo entender como chegamos nesse ponto de termos um time de qualidade, um produto campeão e um clima horroroso, cinzento e frio.
Tenho experiência em jogos no Brasil, internacionais, de Copa do Mundo e Copa América, nesta última realizada no Brasil, eu comprei mais de um ingresso e quando retirei, meus dados que estavam lá, tiraram foto de mim e fui responsável por qualquer coisa que acontecessem com os tickets em meu nome.

Minhas sugestões em relação a biometria, torcida organizada, visitante e mista:
i) Biometria: não deve ser problema para o atleticano (sem H, assim como baiano, corintiano, etc) – o Athletico deve mantê-la, porém, não pode impedir que o associado com mais de uma cadeira seja proibido de levar quem quer. Quantos sócios vendiam seus ingressos prejudicando o Club? Raros! Não levemos a exceção como regra. E quem quer ir a todos os jogos já é sócio, portanto, os convidados são torcedores que pagariam um ingresso avulso, ou seja, se o associado tem 3 cadeiras, ele passa três vezes e é responsável pelos seus convidados, assim como acontece nos eventos mais importantes do mundo.

ii) Torcida organizada: o estádio fica muito melhor com cantorias, baterias, caveiras, faixas e bandeiras. Por que a torcida organizada não fica na Coronel Dulcídio inferior já que na Buenos Aires temos o boulevard? Lá, sem as cadeiras, fazendo sua festa? Quem não gosta fica nos demais setores do estádio.

iii) Torcida visitante: nosso estádio é um dos mais seguros do mundo e nem precisava de tanto para ter espaço para torcedor visitante com outra camisa, por isso, o mesmo deveria ficar na Coronel Dulcídio superior como acontece nos jogos com a organização da Conmebol – o problema não é e nunca foi no estádio.

iv) Torcida mista: local para família e amigos que torcem para times diferentes e querem assistir juntos, podem pegar o exemplo do Gre-Nal, certamente a maior rivalidade do país e tem torcida dos dois times mais a torcida mista. Poderíamos destinar o setor da Buenos Aires inferior para isso com cadeiras, próximo ao boulevard, a praça e na entrada principal do estádio que seria em paz e familiar, não prejudicando as locações dos espaços e chamando atenção para o mundo com uma ideia inovadora e educada!

Resumo de tudo:
– BA Inferior: torcida mista;
– CD inferior: torcida organizada;
– CD superior: torcida visitante;

Cada um fazendo sua parte, voltaremos a um estádio vibrante e unido, assim como nossos meninos que tem brilhado na grama sintética e natural.

SRN!!!



Últimas Notícias

Brasileiro

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada…