11 ago 2019 - 19h13

Athletico sofre virada com erros de goleiro e da arbitragem

O Athletico perdeu por 2 a 1 para o Botafogo no Engenhão na tarde deste domingo (11/08) pelo Campeonato Brasileiro 2019. O Furacão começou bem o jogo, saiu na frente, mas sofreu a virada em uma partida que ficou marcada pela má atuação do goleiro Caio e por falhas da arbitragem, que não marcou dois pênaltis para o Rubro-Negro.

Voltando de viagem do Japão e a poucos dias da semifinal da Copa do Brasil, o Athletico entrou em campo com uma equipe praticamente reserva. Dos jogadores que normalmente são titulares, a equipe contou apenas com o zagueiro Pedro Henrique e o meia Lucho González.

Mesmo com vários desfalques, o Furacão começou muito bem a partida e foi amplamente superior nos primeiros 30 minutos. Nos minutos iniciais, Thonny Anderson e Braian Romero tiveram boas chances para marcar. Os dois participaram do gol atleticano: Braian disputou de cabeça, a bola sobrou para Thonny mandar para o fundo da rede.

Falha mudou o jogo

O Athletico era amplamente superior quando o Botafogo achou o gol de empate em uma saída equivocada de Caio. Ele errou o soco na bola e Luiz Fernando empatou. O gol gerou instabilidade no Athletico. Nervoso, Caio cometeu outros dois erros logo em seguida e por pouco o Botafogo não virou.

No segundo tempo, o Botafogo equilibrou as ações. O alvinegro fez o 2 a 1 com Diego Souza, após outra falha de Caio em saída do gol. Mas o VAR acionou a arbitragem e marcou a mão de Carli, anulando o gol.

Dez minutos depois, o VAR beneficiou o Botafogo para marcar pênalti de Pedro Henrique em Lucas Campos. Diego Souza cobrou e virou o jogo.

Com Vitinho e Pedrinho, o Athletico foi para cima e quase empatou, mas esbarrou em um goleiro do outro lado – Gatito Fernandez.

Aos 50 minutos do segundo tempo, o lance mais polêmico do jogo. Carli empurrou Madson na área. Pênalti claro. O VAR acionou o árbitro, mas Douglas Marques da Silva não marcou pênalti.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…