26 set 2019 - 23h53

Vitória ao natural

O Athletico venceu o Fortaleza nesta quinta (26), na Arena da Baixada, pelo placar de 4 a 1. Mesmo saindo atrás do placar, o rubro-negro não teve dificuldades para superar o Fortaleza nesta noite.

Primeiro tempo

O gol de Wellington Paulista aos 9 minutos, em mais um pênalti discutível marcado contra o Furacão, não assustou.

O Athletico se impôs na partida e foi em busca do gol. Depois de muito martelar o time “mais argentino do Brasil” chegou ao empate com um dos “Hermanos” do elenco. Marco Ruben voltou a marcar no brasileirão e deixou tudo igual aos 32 minutos.

O empate não durou muito no placar. Quase no apito para o intervalo, Nikão recebeu bom passe de Cittadini e fez o segundo do Athletico aos 48.

Segundo tempo

O Fortaleza, que veio para se defender e já havia achado um gol no começo, voltou com uma proposta mais ofensiva em busca do empate. Tentou, mas o campeão da Copa do Brasil seguiu sufocante.

Mandando no jogo, o terceiro gol saiu ao natural. Após o escanteio, Cittadini aproveitou o bate bola dentro da área e anotou o dele, aos 15 minutos do segundo tempo.

Jogando fácil e com a vitória praticamente garantida, Tiago Nunes começou a poupar alguns jogadores, promovendo a entrada de Marcelo Cirino no lugar de Rony, aos 26 minutos da segunda etapa.

Se o autor da assistência antológica contra o Internacional já havia sido muito aplaudido em sua entrada, ainda sobravam algumas palmas para o camisa 10.

Quase no apito final, aos 48 minutos, Cirino aproveitou a sobra após chute no travessão e caiu de vez nas graças da torcida rubro-negra.

Público decepcionante

A única decepção da noite foi o público presente, já que se esperava um número maior de torcedores no primeiro jogo em casa dos atuais campeões da Copa do Brasil. Público total de 12.970.

Com a vitória o Furacão se manteve na nona colocação, agora com 30 pontos, e diminuiu a distância para o g4 para seis pontos.

Próxima partida

O Furacão recebe a Chapecoence, lanterna do campeonato, no domingo (29), às 19 horas, na Arena da Baixada. Mesmo que vença a Chape no final de semana, o Athletico segue na nona posição do Campeonato Brasileiro.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…