23 jan 2020 - 7h41

Na estreia em casa, Athletico reencontra torcida e mantém 100% no Paranaense

Após 50 dias longe do seu torcedor, o Athletico voltou a jogar na Arena, com o time de aspirantes.

Para o reencontro, a diretoria manteve a promoção de ingressos da reta final do Brasileirão de 2019: R$50,00 para os torcedores que fossem com a camisa do Furacão.

O técnico Eduardo Barros pôde contar com o reforço de oito jogadores que estavam na Copa São Paulo de Futebol Júnior: o goleiro Léo Linck, o lateral-direito Reginaldo, o zagueiro Luan Patrick, o volante Kawan, os meias Bruno Leite e Ramon e os atacantes Jajá e Vinícius Mingotti.

O Furacão manteve o embalo após a vitória sobre o União Beltrão; já a equipe de Cornélio Procópio perdeu mais uma, após derrota para o Londrina na primeira rodada.

O Furacão sofreu com a marcação adversária, mas o volante Christian marcou um golaço no segundo tempo e garantiu os três pontos.

Eduardo Barros está invicto no comando do Furacão. Ele acumula, agora, sete vitórias e três empates, contando o time principal em 2019.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo
A primeira finalização da partida foi do PSTC, logo no primeiro minuto. Léo Couto recebeu no meio-campo e arriscou de longe. A bola passou à direita do gol de Anderson.

Aos 4 minutos, após bate e rebate na frente da área, Pedrinho dominou e chutou sem força. Yuri defendeu.

Logo em seguida, Kleiton tentou arrancar, mas a defesa tirou. Boselli arriscou de esquerda e a bola passou por cima do gol adversário.

Athletico tentava tomar a iniciativa da partida, mas não encontrava espaços.

Aos 20 minutos, Christian evitou a saída da bola e cruzou rasteiro. Pedrinho ajeitou e Kleiton foi bloqueado na hora do chute.

Léo Couto cobrou falta com o pé esquerdo, aos 26, e a bola passou perto do travessão.

Jogo seguiu equilibrado, sem chances claras de gol.

Aos 29, lance polêmico. Kleiton recuperou a bola na defesa, tabelou com Christian e puxou contra-ataque. Pedrinho cruzou, Boselli tentou o drible e o zagueiro tirou com a mão. A torcida pediu pênalti, mas a bola bateu no peito do jogador do PSTC, segundo o árbitro.

Leandro recebeu passe e bateu de primeira. A bola subiu muito, foi na direção do gol  e Anderson precisou dar um tapa pela linha de fundo. Foi o último lance importante da primeira etapa, aos 41 minutos.

2º Tempo
Grafite recebeu na esquerda e cruzou para a área. Leandro desviou de cabeça na marca do pênalti e Gerônimo não alcançou, por pouco, a bola na pequena área, logo a 1 minuto.

Aos 18, Christian recebeu de costas, limpou a marcação com um toque de letra e invadiu a área livre. Ajeitou para Pedrinho que bateu de primeira, mas mandou para longe.

Logo após, Denner cobrou falta e Danilo Boza subiu mais alto que a marcação, mas mandou direto para fora.

Com 27 minutos, saiu o gol que definiu a vitória rubro-negra. Christian recebeu a bola de Jáderson pela esquerda, ajeitou para o meio e soltou a bomba. A bola foi na gaveta, sem chance para o goleiro Yuri, premiando o melhor jogador em campo. Golaço! Athletico 1×0 PSTC.

Ficha técnica
Campeonato Paranaense – 22/01/2020 – Athletico 1 x 0 PSTC

Local: Arena da Baixada;

Horário: 20h00;

Árbitro: Daniel Dantas Canario de Melo;

Cartões amarelos: Léo Simas, Danilo Boza, Léo Gomes, Christian e Denner (CAP); Hurtado, Igor Ribeiro, Léo Couto e Gerônimo (PSTC).

Cartões vermelhos: – ;

Gols: Christian (27’ 2T).

Público: 8.638.

Athletico: Anderson; Léo Simas, Walber, Danilo Boza e Jáderson; Christian, Léo Gomes, Denner e Kleiton (Reinaldo); Juan Boselli (Elias Carioca) e Pedrinho (Jajá); TC: Eduardo Barros.

PSTC: Yuri; Everaldo Potiguar, Barbosa, Hurtado e Dudu; Igor Ribeiro, Wallace e Léo Couto; Leandro (Mateuzinho), Gerônimo e Grafite; TC: Reginaldo Vital.

Próximos confrontos
O próximo desafio do Athletico, no Paranaense, será contra o Londrina, às 17h00 de sábado, mais uma vez na Baixada.

A estreia do time de Dorival Júnior em casa será contra o Peñarol, em 3 de março (terça-feira), às 21h30, pela Libertadores.

Antes, o Athletico enfrenta o Flamengo, pela Supercopa. A partida, porém, será no Mané Garrincha, em Brasília – esse jogo está marcado para 16 de fevereiro (domingo), às 11h.

No próximo sábado, o Furacão encara o Grémio, em Porto Alegre, às 11h00, em mais um jogo amistoso (com portões fechados).



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…