O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
16 fev 2020 - 14h44

Tudo dentro da Estratégia

Perdemos a Supercopa. Não estou surpreso. O CAP tem uma estratégia e todas as suas ações contribuem para executá-la.
Em linhas gerais o objetivo principal do Clube consiste em: a) Maximizar o lucro. b) Maximizar o lucro.
Lucro = Receitas – Despesas.
Receitas = Vendas de Atletas + Premiações em campeonatos + Direitos de Transmissões
Despesas = Compra de atletas + Custos Operacionais.

Tenhamos em conta que perdemos muitos atletas e as poucas novas contratações ainda não encaixaram. O time A ainda está em formação.
Ora, a Supercopa premia 5 milhões ao vencedor e 2 milhões ao perdedor.

Para ter melhores chances de ganhar a Supercopa do mesmo Flamengo de 2019 o CAP teria que entrosar o time principal no Paranaense. Isso diminuiria a exposição dos atletas da base, reduzindo receitas futuras. Isso não estaria alinhado com a estratégia, muito a perder por apenas 3 milhões que nem certos seriam.

O CAP optou por expor a base no Paranaense com vista a valorizar atletas para venda futura e aproveitamento na equipe principal, o que para o clube renderá mais do que 3 milhões. Caso passe da fase de grupos da Libertadores contará com reforços da base no time A para a fase de mata-mata, valorizando ainda mais seus atletas para sua futura venda, rendendo mais que 3 milhões.

Em suma, apostar na Supercopa teria sido um péssimo negócio.

Resta-nos torcer para que o Paranaense gere algumas boas peças e que o time A sobreviva à fase de grupos da Libertadores. Essa é a aposta, que caso venha a concretizar-se nos dará uma equipe competitiva para brigar por títulos e receitas maiores em premiações.

A verdade é que a Supercopa não estava nos nossos planos. Girar atletas sim possui alinhamento estratégico e sabemos que nosso clube não dá ponto sem nó.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…