23 nov 2020 - 11h01

River Plate: títulos, camisa e tradição

O Athletico enfrenta nesta terça-feira (24) um dos maiores clubes de futebol do continente, nada mais e nada menos que o poderoso River Plate da Argentina. A equipe “Millionaria” é quatro vezes campeã da Copa Libertadores da América (1986, 1996, 2015 e 2018) sendo a atual vice campeã do torneio.

A equipe é a quarta que mais venceu a competição, atrás do Independiente (7) e Boca Juniors (6) da Argentina e do Peñarol do Uruguai com 5 títulos cada. Nos últimos cinco anos, o River Plate chegou em três finais e uma semi-final, mostrando todo peso de sua camisa no torneio.

O time comandando pelo ex-jogador Marcelo Gallardo desde 2014 passa por uma de suas mais vitoriosas fases da história e joga contra o Furacão com a vantagem de decidir em casa a vaga nas quartas-de-final.

O time argentino venceu o Banfield na última sexta-feira fora de casa por 0 a 2 e é vice líder da chave C com os mesmos 9 pontos daquela equipe. Devido a Pandemia do COVID-SARS 19, o formato do torneio argentino foi modificado nesta temporada, passando a ser disputado pelas 24 equipes que foram divididas em seis grupos com quatro equipes cada, com os cabeças de chave sendo o Boca Juniors, River Plate, Independiente, Racing, San Lorenzo e Vélez Sarsfield. Os times se enfrentam em ida e volta dentro da própria chave e os dois melhores avançam.

Os 12 classificados se dividem em dois grupos na fase seguinte e jogam em turno único. Os dois melhores de cada chave fazem uma final única. O campeão ganha vaga na Libertadores de 2021.

O rubro-negro e a equipe argentina nunca se enfrentaram pela Libertadores da América até o momento, somente pela Copa Sul-Americana e pela Recopa Sul-Americana, com duas vitórias para o Athletico, um empate e uma vitória para o River Plate.

Athletico e River se enfrentam a partir das 19h15 (horário de Brasilia) no estádio Joaquim Américo, com transmissão do canal Conmebol TV.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…