28 nov 2020 - 19h00

Com desfalques importantes na equipe, Athletico perde para Palmeiras fora de casa

Num jogo em que apresentou um nível muito abaixo em relação aos últimos jogos, o Athletico sofreu com o Palmeiras desde o início. O adversário foi pra cima do Furacão e abriu vantagem de dois gols ainda no primeiro tempo enquanto o Athletico não levou perigo algum. A apatia seguiu no segundo tempo e o Palmeiras ampliou o placar sem grande esforço.

Primeiro Tempo

O jogo começou com o time paulista tendo a iniciativa e pressionando o Athletico. O rubro-negro mal conseguia povoar o campo do adversário. Errando muitos passes a partir da zona defensiva, o Athletico sofre o primeiro gol. Aos sete minutos, Lucas Lima coloca Patrick de Paula em posição muito confortável para marcar. O Athletico tenta dar o troco rapidamente, mas Bissoli perde um gol incrível após cruzamento de Léo Cittadini.

O Palmeiras segue comandando a partida e o Athletico continua perdido em campo, errando diversas jogadas e sem oferecer perigo. Aos 24 minutos o Palmeiras chuta uma bola na trave. Neste momento, as estatísticas do jogo mostravam Palmeiras dominando amplamente, com nove finalizações a gol contra nenhuma do Furacão.

O Athletico permanece com baixa qualidade e demonstrando pouca intensidade no jogo enquanto o Palmeiras continua em cima. Aos 34 minutos, Rony, ex-jogador do Athletico, amplia a vantagem do time paulista. O rubro-negro não mostra condições de reagir. O primeiro tempo termina com 15 finalizações no total, sendo apenas uma do Athletico.

Segundo Tempo

O segundo tempo começa com o Palmeiras novamente pressionando. Logo aos 4 minutos, após cobrança de escanteio, Rony amplia de cabeça. O Palmeiras segue melhor no jogo, controlando as ações, mas nitidamente diminui a intensidade.

O jogo segue sem tantas emoções ou chances para os times. Palmeiras começa a jogar utilizando alguns contra-ataques esporádicos, mas sem oferecer grande risco.

O Furacão não esboça reação em momento algum, aceita a derrota e não demonstra nenhuma característica do time que vinha em uma franca ascensão.

Primeira derrota em 5 jogos no Brasileirão, queda para segunda página da tabela

O Athletico vinha numa ótima sequência no campeonato. O time estava invicto desde o início do mês. A última derrota no Brasileirão aconteceu contra o Sport dia 01/11.

Com essa derrota, o Furacão cai para a 11ª posição, podendo ser ultrapassado por adversários que ainda jogarão na rodada.

O próximo jogo é contra o River Plate, na Argentina, 01/12 às 19h15. Jogo decisivo que vale vaga às quartas de final da Copa Libertadores da América.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…