O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
30 nov 2020 - 16h27

Dispostos a fazer história

O que vimos em campo na última terça-feira nos encheu os olhos. Diante do River Plate, ficou o gosto amargo do empate com o gol sofrido de forma cruel nos ultimos minutos de jogo, mas também ficou a sensação de orgulho de uma equipe que, mesmo diante de inúmeras dificuldades, conseguiu bater de frente com um dos gigantes da América.

O Athletico sempre foi assim. De certa forma, estamos acostumados a trilhar o caminho mais difícil, a jogar partidas que exigem o nosso sangue forte, seguir roteiros que nos obrigam a impor o nosso vigor sem jaça, colocar a alma em campo diante de situações adversas; afinal, como esta escrito no hino, rubro-negro é quem tem raça!

Muitas vezes fomos jogados ao acaso, e o universo parece não colaborar com o Athletico. Somente o Athletico poderia cair diante do River Plate nas oitavas de final da principal competição do continente, e ainda por cima ter 8 jogadores como desfalque. Mas mesmo com todas as dificuldades, nos superamos! Queiram ou não, a forma aguerrida de jogar está no nosso sangue, e ela (mais uma vez) fez a diferença.

A superação está no nosso DNA. São inúmeros os exemplos em nossa história; desde os primórdios do clube com a epopeia do goleiro Tapyr, até as conquistas recentes da Copa Sul Americana e da Copa do Brasil. O Athletiba da gripe, o milagre de ziquita, a remontada diante do grêmio, a virada sobre o santos em 2005 nesta mesma competição, a classificação heroica contra o Sporting Cristal, enfim… São inúmeras as histórias que moldam o espírito guerreiro que esse Athletico carrega.

Amanhã, lá em Buenos Aires, o desafio será maior ainda. Amanhã será o dia de entrar em campo disposto a colocar a alma e o coração em jogo. Amanhã será o dia de entrar em campo disposto a entregar 100% da mente e do corpo. Amanhã é dia de entrar em campo disposto a fazer história!

O River é, de fato, o favorito nesse confronto, mas nós mostramos que somos capazes de vencer esse duelo de 180 minutos. Muitos não acreditam em nós, mas o que importa? Nós é quem temos que acreditar em nós mesmos. A confiança partirá de dentro, e eu torço para que uma possível vitória diante desse River Plate possa entrar no hall dos nossos grandes exemplos de superação.

Mais uma vez a história se repete e o ditado se confirma; se não for sofrido, não é Athletico.

Eu acredito no furacão. E você?



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…