3 fev 2021 - 20h14

Missão cumprida, seu Nilson, obrigado por tudo!

Com imenso pesar, nos despedimos nesta quarta-feira (03) de Nilson Borges. Perdemos não apenas um grande jogador da nossa história, um ídolo, um excelente profissional, mas também uma referência de amor, respeito e dedicação ao nosso Furacão!

Nilson completaria no próximo dia 16, 80 anos de idade, desses 52 dedicados ao Furacão, onde foi jogador de 1968 a 1974 e conquistou o Título da Raça, em 1970. Depois que pendurou as chuteiras, trabalhou nas mais diferentes funções no clube: foi técnico do infantil, juvenil, júnior, aspirante e do profissional, auxiliar técnico e membro da comissão técnica.

Em dezembro, foi divulgada a informação de que Nilson Borges sofria de uma doença sem diagnóstico preciso, que eliminou a força de suas pernas e braços. “Peço que rezem por mim”, disse na época.

Uma trajetória ímpar de amor e dedicação ao Athletico. Nossos sentimentos à família e a certeza de que Bocão estará sempre conosco. Missão cumprida, seu Nilson, vai em paz e obrigado por tudo!



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…