22 fev 2021 - 9h43

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa complementar com um gol de Thaciano. Foi o 3º jogo em que o clube foi comandado pelo auxiliar técnico Antonio Oliveira que perdeu duas e empatou uma partida comandando o banco de reservas. Das outras vezes dividindo as ordens com Paulo Autuori, mas desta feita sozinho.

A partida começou movimentada, com a tradicional troca de passes do Grêmio, mas sem nenhuma efetividade. O Athletico equilibrou as ações a partir dos 12 minutos de partida e começou a ameaçar a meta de Paulo Victor com Nikão de cabeça e Jadson. Porém foi o apagado Léo Cittadini que teve a melhor chance, parando na boa defesa do goleiro gremista.

Faltou ao rubro-negro um matador, um tradicional camisa 9 e por isso entrou Renato Kayser na segunda etapa. Porém quem mais trabalhava a bola com carinho para que ela chegasse ao ataque, o meia criativo Jadson saiu, mostrando o contrassenso da comissão técnica: havia quem colocasse a bola para dentro, mas não mais quem desse essa condição.

Assim o Grêmio voltou a rondar a área atleticana, fazendo com que o goleiro Santos praticasse uma defesa fenomenal de mão trocada após chute de Jean Pierre. O jogo seguia naquele ritmo onde o torcedor fica apreensivo porque parece que o time está pedindo para levar o gol.

E levou.

Chute de Churín que desviou em Pedro Henrique e sobrou para o gol de Thaciano. Gol que garantiu a vaga gremista na Libertadores e abortou qualquer sonho rubro negro de voltar à maior competição do continente na temporada que se avizinha. Ao final do jogo diversos jogadores foram para cima da arbitragem que expulsou o capitão Thiago Heleno e o volante Richard que estão fora do próximo compromisso.

O Athletico permaneceu na 9ª posição e deve lutar pela vitória na última rodada diante do Sport Recife em casa para entrar somente na 3ª fase da Copa do Brasil, tendo assim mais datas disponíveis. Já o Grêmio se despede do nacional enfrentando fora de casa o Red Bul Bragantino mas já de olho nas finais da Copa do Brasil, quando enfrenta o Palmeiras.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…