28 abr 2021 - 21h16

Um gol e mais três pontos: Furacão vence a segunda e mantém 100% na Sul-Americana

O Athletico vinha de vitória – diante do Aucas, por 1 a 0 – na estreia da competição internacional, jogando no Equador. Foi o primeiro jogo disputado pela equipe principal na temporada.

Já o Metropolitanos foi derrotado na primeira partida da fase de grupos. Os equatorianos chegaram a abrir dois gols de diferença, mas levaram a virada, em casa.

António Oliveira não pôde contar para a partida, mais uma vez, com o atacante Carlos Eduardo (lesionado).

O técnico português promoveu três mudanças no time titular que enfrentou o Aucas: Santos e Thiago Heleno retornaram (nas vagas de Bento e Zé Ivaldo) e Christian foi sacado para a entrada de Vitinho.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

No primeiro lance da partida, descida rápida de Erick pela direita e cruzamento na área. Kayzer não conseguiu aproveitar.

Aos 6 minutos, tabela de Vitinho com Abner e o atacante apareceu na cara do gol, mas não conseguiu finalizar após ser travado. A zaga do time Violeta tirou o perigo para longe.

Aos 12, Flores puxou o contra-ataque pela esquerda e chutou para o gol, mas Santos defendeu com tranquilidade.

Três minutos depois, a bola ficou viva na entrada da área com Kayzer que não conseguiu acertar a bola quicando na sua frente.

Mais dois minutos e Vitinho recebeu na área, arrumou e tirou o marcador, mas o chute saiu torto e foi para fora.

Depois da cobrança de escanteio, Thiago Heleno cortou, mas a bola ficou na área. Sobrou com Cova que chutou com força e colocado, para boa defesa de Santos, aos 21 minutos.

Aos 26 minutos, Kayzer recebeu ótima bola dentro da área, mas na hora de fazer o corte mandou a bola longe demais e perdeu a oportunidade de finalizar. Grande chance do Furacão.

Martell recebeu cruzamento da direita para esquerda, tirou a marcação e preferiu fazer o passe na área. Eram 33 minutos e a zaga do Athletico se arrumou e afastou.

Aos 41, Nikão saiu da marcação e levantou na área. A bola ficou viva e sobrou para Vitinho que bateu com força e exigiu boa defesa de Giancarlo.

No último lance da primeira etapa, chute forte de Abner – a bola foi desviada pela zaga e quase enganou o goleiro que se arrumou e defendeu.

Jogo de um time só na primeira etapa. Athletico teve três claras chances de gol e dominou as ações, com 80% de posse de bola e nove finalizações. O Metropolitanos ficou fechado no 5-4-1, levando o Furacão a tentar encontrar espaços nas entrelinhas para atacar.

2º Tempo

Furacão retornou com uma alteração: saiu Cittadini e entrou Khellven. Erick foi deslocado para o meio – na etapa inicial, ele estava ajudando na criação das jogadas junto com os zagueiros e Richard.

Metropolitanos chegou com muito perigo com Cova, aos 6 minutos. Ele recebeu bola cruzada na área e – de cara para o gol – pegou errado. A bola subiu muito e o Violeta perdeu uma grande chance de fazer o gol.

E O FURACÃO MARCOU! Na jogada seguinte, lançamento longo e preciso de Thiago Heleno achou Khellven dentro da área. Ele fez o levantamento e Kayzer só empurrou para o fundo das redes. Placar aberto, 1 a 0!

14 minutos e Thiago Heleno cortou errado e a bola sobrou para Flores que desceu com força pela direita e cruzou na área. O perigo foi afastado.

Aos 17 minutos, Vitinho escapou na entrada da área e chutou travado. A bola sobrou para Abner que tentou definir, mas o chute não saiu como o esperado.

Após abrir o placar, o Athletico diminuiu a intensidade e agressividade e começou a trocar mais passes.

O atacante Bustillo tomou cartão vermelho direto por agredir Kayzer, com uma cotovelada, na frente do juiz, aos 33 minutos. Metropolitanos ficou com um jogador a menos.

Aos 36, chance inacreditável perdida por Mancín. Ele recebeu dentro da área, saiu na frente da marcação pela direita e chutou com força. A bola foi pela linha de fundo, pela esquerda. Por muito pouco não saiu o empate.

Kayzer driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo na hora de finalizar. A zaga cortou, aos 39 minutos.

Yago apareceu na entrada da área e finalizou. Giancarlo fez tranquila defesa, aos 43 minutos. E foi o último lance da partida. Vitória rubro-negra!

Ficha técnica

Copa Sul-Americana – 28/04/2021 – 2ª Rodada

Athletico 1 X 0 Metropolitanos

Local: Arena da Baixada.

Horário: 19h15.

Árbitro: Gustavo Tejera (URU).

Cartões amarelos: Nikão, Paulo Autuori (CAP); Cova, Mancín, Pavone (MET).

Cartões vermelhos: Bustillo (MET).

Gols: Kayzer (8’2T)

Athletico: Santos; Erick (Christian), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Canesin (Yago) e Cittadini (Khellven); Nikão, Kayzer (Babi) e Vitinho (Reinaldo). TC: António Oliveira/Paulo Autuori.

Metropolitanos: Schiavane; Bolívar (Colmenarez), Ferro, Pabón (Mancín), Leonardo Falcón e Cova; Flores (Pavone), Larotonda (Rosa), Banachille e Martell (Soto); Bustillo. TC: José María Morr.

Próximo confronto

O Athletico retorna a campo na sexta-feira, 30/04, às 16h00, contra o Paraná, fora de casa, pelo Paranaense.

Pela 3ª rodada da Sul-Americana, o Furacão joga na terça-feira, 04/05, às 21h30, contra o Melgar (PER), na Monumental de La Unsa (Peru).



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…