3 maio 2021 - 19h04

Era só ilusão… Derrota afasta Furacão dos primeiros

Com um futebol horrível, no Estádio Os Pioneiros, em Pato Branco, no sudoeste do estado, o Furacão se complica e perde por 1 a 0, para o Azuriz e se afasta das primeiras colocações. A reação de três vitórias seguidas foram apenas uma ilusão…

 

Aos 2 minutos, começa a pressão do Azuriz, o atacante Vieira, mostrando velocidade é interceptado por Alvarado, jogando de zagueiro, já dentro da área buscando a linha de fundo. Aos 7, cinco minutos depois, a pressão em velocidade veio pelo lado direito, com Edson invadindo a área e finalizando cruzado, para Anderson salvar com o pé esquerdo o que poderia ter sido o primeiro gol do time do sudoeste.

Os passes errados no meio foram se acumulando, sempre esbarrando na boa marcação do adversário, assim o rubro negro seguia com a criação nula e alimentando os contra-ataques do Azuriz.

Aos 12 minutos, o placar é aberto. Numa sucessão de erros da saída de bola, cruzamento da direita da defesa rubro negra, a bola sobra no segundo pau e encontra Hélio, que chuta sem ângulo. O goleiro Anderson defende mas a arbitragem confirma o gol.

Após três minutos de discussão, o jogo reinicia e junto vem a pressão do Azuriz, porém sem lances de perigo. Só aos 29 minutos o Athletico dá o primeiro chute no gol. Uma falta de longe, cobrada por Luan Patrick, no meio do gol sem perigo algum…

E após 45 minutos de futebol pífio do Furacão, o Azuriz quase amplia com Hélio que finaliza pra fora já dentro da área.

 

Segunda etapa

No intervalo, Bruno Lazaroni muda o esquema tático, saca Reinaldo e Geovane e coloca o zagueiro João Viale e o meia Ramon, na expectativa de liberar os laterais. Não passou de expectativa…

Aos 11 minutos de bola parada, a única chance real de gol. Jáderson chuta forte com efeito e o goleiro espalma como dá, pra escanteio.

Aos 13, sai Kleiton e entra Julimar para tentar jogadas mais agudas pelo lado do campo.

Fôlego novo no Azuriz, aos 20 entram João Pedro e Ediney, saem Vieira e Juan. O athletico seguiu sem levar perigo algum ao gol de Renan.

Aos 27, sai Hélio, o autor do gol e entra Giba. Aos 32, o Athletico saca Jajá e promove a entrada de Dudu.

Aos 38, Anderson falha, dá rebote, mas João Pedro acerta a trave aquele que poderia ser o segundo gol dos donos da casa.

A última alteração do Furacão vem aos 40, sai Kawan e entra Elias Carioca.

Aos 42, o Azuriz quase marca novamente num rebote do goleiro Anderson, após escanteio. Na sequência, aos 45, no Azuriz, sai Edson Carioca e entra Kendy.

Aos 50, com 5 minutos de acréscimo, a partida é finalizada, o Athletico cai para sétima posição e o Azuriz vai a terceiro.

O Azuriz foi a campo com Renan, Hayner, Salazar, Guarapuava e Mateus; Rezende, Fabio, Edson Carioca (Kendy), Hélio (Giba) e Vieira (João Pedro), Juan (Edinei). Técnico: Fabiano Daitx. O Athletico jogou com Anderson, Kleiton (Julimar), Alvarado, Luan Patrick e Vinícius Kauê; Geaovane (Ramon), Kawan (Elias Carioca); Jaderson, Jajá (Dudu), Mingotti e Reinaldo (João Viale). Técnico: Bruno Lazaroni.

Gol: Hélio a 12 do primeiro tempo

Cartões Amarelos: Hayner, Vieira, Giba e Luan Patrick.

 

Amanhã, 04/05/2021, terça, o elenco principal volta a campo no Peru, às 21h30, pela Copa Sul Americana, valendo a liderança do grupo. Pelo Paranaense, o time alternativo volta a campo contra o Coritiba, na quinta, 06/05, na Arena.

 



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…