19 maio 2021 - 23h40

Minimalista, pragmático e “sabendo sofrer”: Furacão vence quarta partida por 1 a 0 e encaminha classificação

Rubro-negros e peruanos fizeram partida decisiva na busca por uma vaga nas oitavas de final da competição continental.

Os dois times somavam nove pontos, mas o adversário levava vantagem no saldo de gols – um a mais que o Furacão. A vitória do Furacão determinou, portanto, a liderança isolada do grupo.

O time principal do Athletico vinha de vitória por 1 a 0 sobre o Metropolitanos. O Melgar, entretanto, vive momento turbulento, já que perdeu as três últimas partidas que disputara (contra Alianza Atlético, Aucas e Carlos Mannucci). O último triunfo havia sido sobre o próprio Furacão, por 1 a 0, na terceira rodada da Sul-Americana. O técnico Néstor Lorenzo contou com força máxima para o duelo de hoje.

A comissão técnica do Athletico pôde contar novamente com Nikão – o atleta cumpriu suspensão na última partida. As baixas foram Lucas Halter (lesão no tendão de Aquiles do pé esquerdo) e Erick (lesão no músculo posterior da coxa esquerda).

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

O Furacão começou do jeito que o torcedor gosta: na “garganta” do adversário. Com menos de três minutos de partida, Kayzer desperdiçou ótima chance, cara a cara com o goleiro, após saída errada do time peruano; e Vitinho, de cabeça – com o gol aberto – mandou para fora.

Richard também chegou com perigo, aos 16 minutos, após desviar cobrança de falta de Khellven.

Pereira, aos 36, foi o responsável pela única chegada mais perigosa do Melgar no primeiro tempo. Bola desviada por cima do travessão de Santos.

Kayzer, desta vez em ótima jogada – após passe de Jadson – ganhou do defensor na corrida, avançou e, perto da linha de fundo, arrematou com força, mas o goleiro mandou para escanteio. Eram 39 minutos.

Três minutos depois, o gol inacreditavelmente não aconteceu. Cobrança de escanteio, confusão na área, a bola foi desviada e bateu na trave; Richard tentou finalizar e não conseguiu; o goleiro Cáceda ficou rendido no lance; a bola sobrou para Pedro Henrique que chutou… Mas a a marcação afastou.

AGORA FOI! NA RAIVA, NA FORÇA! RENATO KAYZER! Descida em velocidade, Khellven cruzou na cabeça do atacante que mandou com muita força para o gol. O goleiro praticou um milagre, mas o rebote ficou para o próprio Kayzer que estufou as redes! 1 a 0 Furacão, aos 43 minutos!

2º Tempo

Depois do cruzamento pela esquerda, aos 4 minutos, Iberico apareceu com perigo na direita e cabeceou fechado. A bola passou perto do gol de Santos.

No lance seguinte, Nikão foi lançado em velocidade, por Kayzer, mas o goleiro se antecipou, saiu da área e afastou.

Aos 18 minutos, Orzán deu uma forte entrada em Richard e foi expulso da partida, após tomar o segundo cartão amarelo.

Nikão ficou com a bola após erro de passe do Melgar e tocou para Vitinho que finalizou. O goleiro Cáceda fez ótima defesa e evitou o segundo do Furacão, aos 38.

Aos 46, foi a vez de Thiago Heleno tomar o vermelho, após falta no meio de campo. Ele segurou e impediu a progressão do jogador do Melgar.

Da mesma maneira como fizera nas partidas anteriores, Athletico recuou muito após o gol e proporcionou o crescimento do adversário, correndo perigo, por vezes.

Ficha técnica

Copa Sul-Americana – 19/05/2021 – 5ª Rodada

Athletico 1 X 0 Melgar

Local: Arena da Baixada.

Horário: 21h30.

Árbitro: Andres Matonte (URU).

Cartões amarelos: Vitinho, Cittadini e Santos (CAP); Cuesta (MEL).

Cartões vermelhos: Thiago Heleno (CAP) e Orzán (MEL).

Gols: Kayzer (43’ 1T).

Athletico: Santos; Khellven (Marcinho), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard (Carlos Eduardo), Christian e Jadson (Cittadini); Nikão, Vitinho (Canesin) e Kayzer (Babi). TC: António Oliveira/Paulo Autuori.

Melgar: Cáceda; Fabio Pereyra, Alejandro Ramos, Lazo e Reyna; Orzán, Tandazo e Sanchez (Rasmussen); Bordacahar (Vidales), Iberico (Cáceres) e Cuesta. TC: Néstor Lorenzo.

Próximos confrontos

O Athletico jogará, contra o Paraná, fora de casa, pela primeira partida das quartas de final do Paranaense. Ainda não há data e horário definidos.

Pela última rodada da Sul-Americana e dependendo apenas de si para confirmar vaga nas oitavas, o Furacão joga na quinta-feira, 27/05, às 21h30, contra o Aucas, na Baixada. Um empate será suficiente para classificação. Se a equipe peruana não vencer, o Athletico também passa de fase, independente do resultado na partida do rubro-negro.



Últimas Notícias

Opinião

PlaneJUMENTO

Antes de tudo, dar os devidos créditos ao @fabiangarrett93 que cunhou tal termo no Twitter sendo de uma felicidade incrível pois ilustra perfeitamente aquilo que…