30 jun 2021 - 18h16

Moeram! Fora de casa e de virada, Furacão coloca Flu na roda e goleia

Furacão e tricolor carioca se enfrentaram nesta tarde em partida válida pela oitava rodada do Brasileirão. O “baile” – que não foi televisionado para o Brasil – aconteceu no estádio Raulino de Oliveira (em Volta Redonda), visto que o Maracanã está cedido para a disputa da Copa América.

O Athletico vinha de dois tropeços que custaram a perda da liderança na Série A – há duas rodadas, derrota para o Bahia, fora de casa; depois, empate contra a Chapecoense, na Baixada, sofrendo o segundo gol no apagar das luzes.

O Rubro-Negro – com um jogo a menos (partida adiada, diante do Flamengo) – contou com o retorno de Marcinho e Richard que cumpriram suspensão após expulsões. Nikão, recuperado de lesão muscular, após duas semanas, começou no banco de reservas.

Paulo Autuori pôde comandar, à beira do gramado, a equipe (junto a Bruno Lazaroni) após efeito suspensivo conseguido pelo Athletico.

Lucas Halter (departamento médico) e Jadson (desconforto muscular) foram os desfalques para a partida. O volante Jaime Alvarado não teve o seu contrato renovado e deixará o clube.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

A partida mal começou e Fred, logo no primeiro minuto, escorou para o gol. Cazares cruzou da direita e o atacante, entre os zagueiros, cabeceou no canto direito de Santos. Placar aberto.

3 minutos e Fred lançou Cazares nas costas da zaga. Ele ajeitou e, de fora da área, soltou uma pancada: Santos segurou.

Athletico não se encontrava em campo e apenas olhava o Fluminense jogar.

Aos 8 minutos, Egídio cruzou da esquerda, a zaga afastou, mas Martinelli mandou forte chute no rebote. A bola foi por cima do travessão.

Mais dois minutos e Yago Felipe subiu sozinho, após escanteio cobrado por Nenê, cabeceando nas mãos de Santos.

17 minutos e Nenê recebeu boa bola dentro da área e chutou cruzado. Santos fez uma defezaça e espalmou para escanteio. O árbitro, erroneamente, apontou tiro de meta.

Primeira chegado do Athletico aconteceu apenas aos 20 minutos. Terans bateu falta da esquerda, Zé Ivaldo subiu bem e cabeceou sobre o travessão.

E TEVE LEI DO EX! Depois de um começo muito ruim de jogo, o Athletico aproveitou o recuo do time da casa e, após belíssimo passe de Cittadini, Richard cortou o zagueiro e – de dentro da área – chutou rasteiro. Marcos Felipe ainda encostou na bola, mas não evitou o gol de empate. 1 a 1, aos 25 minutos!

Cittadini, após passe de Abner, chegou a fazer o segundo gol aos 38 minutos, mas o lance foi revisado e anulado pelo VAR, por impedimento na origem da jogada.

O Fluminense começou muito bem o jogo. Marcação por pressão funcionava e time havia criado diversas chances. Mas a equipe carioca não conseguiu manter o ritmo. O Athletico chegou ao empate em lance em que a defesa não apertou a troca de passes e Marcos Felipe aceitou o chute de Richard.

2º Tempo

Diferentemente do primeiro tempo, Fluminense e Athletico não criaram chances no começo da segunda etapa. Muitos erros de passes e no campo ofensivo.

Partida com pouca intensidade. Athletico tentava ficar no campo de ataque, mas não ameaçava. Fluminense buscava contra-ataques, mas não tinha velocidade.

Excelente chance desperdiçada pelo Furacão aos 24 minutos. Após escanteio, zaga do Fluminense afastou, Nikão pegou a sobra e, da entrada da área, soltou uma pancada, mas em cima de Marcos Felipe.

AGORA VELEU! VIRADA DO FURACÃO! Aos 28, Vitinho recebeu na direita, dominou, cortou para o meio e soltou um bonito chute, no ângulo. O goleirão ficou estático, embaixo da trave. 2 a 1!

PRA GARANTIR OS TRÊS PONTOS! Dois minutos após a virada, Nikão cobrou falta da esquerda e Zé Ivaldo subiu sozinho, na segunda trave, testando firme para o fundo das redes! 3 a 1 Furacão!

Aos 47, contra-ataque do Athletico, a bola chegou em Vitinho que cruzou para Nikão. O atacante mandou de peixinho rente à trave. Quase o quarto!

PENALIDADE MÁXIMA! VAR apontou pênalti de Nino em Cittadini. Nikão bateu, fez e decretou a goleada, aos 49. 4 a 1, de virada!

Grande vitória do Athletico. Cenário parecia bastante improvável para quem viu os primeiros minutos do confronto. Sensação de que o Fluminense cansou e não conseguia se encontrar em campo. Furacão muito melhor na segunda etapa.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro – 30/06/2021 – 8ª Rodada

Fluminense 1 X 4 Athletico

Local: Raulino de Oliveira.

Horário: 16h00.

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG).

Cartões amarelos: Richard, Christian (CAP); Fred (FLU).

Cartões vermelhos: – .

Gols: Fred (1’ 1T), Richard (25’ 1T), Vitinho (28’ 2T), Zé Ivaldo (30’ 2T) e Nikão (49’ 2T).

Athletico: Santos; Marcinho, Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Abner; Richard, Cittadini, Canesin (Nikão) e Terans (Christian); Carlos Eduardo (Vitinho) e Babi (Pedro Henrique). TC: Bruno Lazaroni e Paulo Autuori.

Fluminense: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Ganso), Nenê (Matheus Martins), Gabriel Teixeira (João Neto) e Cazares (Kayky); Fred. TC: Roger Machado.

Próximos confrontos

Pelo Brasileirão, o Rubro-Negro volta a campo no dia 03/07, sábado, às 19h00, contra o Fortaleza, na Arena.

No dia 13/07, terça-feira, às 21h30, o Furacão disputa partida de ida pelas oitavas de final da Sul-Americana contra o América de Cali, na Colômbia.

Também pelo jogo de ida, mas válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Athletico recebe o xará de Goiânia no dia 28/07.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…