9 ago 2021 - 10h30

Derrota na Baixada

No final da tarde de sábado (07) entraram em campo Athletico e São Paulo pela 15ª rodada do Brasileirão. Enquanto o Furacão buscava se recuperar depois da derrota para o xará mineiro na rodada anterior e se manter no G6, o time bandeirante queria sair da incômoda zona do rebaixamento.

O Furacão repetiu erros que comete jogo a jogo, com muita lentidão, excesso de lateralização do jogo e uma certa apatia. Assim, o São Paulo que veio com mais de meio time suplente, começou a “gostar do jogo” e abriu o marcador aos 12’ em pênalti de Pedro Henrique sobre Pablo que converteu abrindo o placar na Baixada.

O Athletico resolveu então acordar e mesmo de maneira desordenada ficou mais com a bola e procurava arrematar ao gol de Tiago Volpi. Aos 27’, Renato Kayser apareceu na área e desviou com força para as redes decretando o empate.

Como de costume, ao invés de seguir encorpado em campo depois de fazer um gol, o Athletico voltou a recuar e jogar de maneira despretensiosa, quando em nova falha de marcação Pablo apareceu livre e marcou mais um.

O primeiro tempo seguiu com o rubro-negro atacando sem ser incisivo e os tricolores tentando matar o tempo de todas as formas.

Ao que parece o Furacão resolveu jogar somente a segunda etapa, tendo mantido o São Paulo quase o tempo todo na defesa. Porém, atacava de maneira desordenada, com os laterais Marcinho e Márcio Azevedo pouco agressivos e falhas técnicas gritantes dos atacantes Kayzer e Carlos Eduardo.

O time ainda sofria perigosos contra ataques e contou com uma boa defesa de Bento aos 24’ e dois erros incríveis de arremate dentro da pequena área por parte do time paulista. As substituições do treinador Antonio Oliveira não surtiram o efeito desejado e salvo um possível pênalti em Carlos Eduardo em lance que sequer foi revisado pelo VAR, o Furacão não fez muito por merecer o empate.

Terminada a rodada o Athletico se beneficiou dos empates entre Ceará e Atlético Goianiense além do empate do Santos no clássico contra o Corinthians e se manteve na 6ª colocação com 23 pontos.

A próxima partida será contra o Cuiabá fora de casa pela 16ª rodada, mas antes o Furacão viaja a Quito no Equador, onde enfrenta a LDU pela partida de ida das quartas de final da Copa Sul Americana.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…