4 set 2021 - 18h52

O jogo ideal para espantar a má fase

Sem vencer o Cascavel, no Paranaense, com o agravante de ter perdido as cinco últimas partidas do Campeonato Brasileiro, o Athletico quer fechar o primeiro turno espantando a má fase.

A apenas cinco pontos da zona de rebaixamento, na 9ª colocação, o Furacão enfrenta o Sport Recife às 18:15h (de Brasília) deste domingo, na Arena da Baixada, sabendo que uma vitória traz de volta a tranquilidade que a equipe teve na primeira metade da competição.

Em casso de vitória

O time Rubro-Negro vai a 26 pontos e pode ganhar até duas posições – a do Ceará 8ª, Atlético-GO, 7ª colocado, com 25 pontos, dois acima do Furacão. Isso claro, se ambos os dois não vencer na rodada o que é bem provável, afinal Ceará enfrenta o Palmeiras, vice líder, Atlético-Go enfrenta o Flamengo, no Rio de Janeiro.

Em caso de uma derrota

O Furacão pode aproximar ainda mais da zona do rebaixamento. Que já dá as caras no retrovisor rubro-negro.

Desfalques – Selecionáveis

Sem contar com o goleiro Santos, convocado para defender o, Brasil, nas eliminatórias para a Copa do Mundo; e o meia David Terans, para defender o, Uruguai, pelo mesmo motivo, o técnico português, António Oliveira promoverá a entrada de Bento, na meta atleticana; e provavelmente Erick, ocupará a meia cancha no lugar do craque uruguaio.

Adversário ideal para espantar a má fase.

A quatro jogos sem vencer, ocupando a 19° colocação no campeonato brasileiro com dezeseis pontos, o time do Sport Recife faz um campeonato bem aquém do esperado, por parte da torcida rubro-negra do Leão pernambucano.

Números da campanha do Sport

Vice lanterna em dezoito jogos, apenas três vitórias, sete empates, oito derrotas. Com oito gols marcados, possuindo o pior ataque da competição; quatorze gols sofridos, a segunda melhor defesa do campeonato. Apenas Atlético-Mg sofreu menos gols (13).

Último confronto

A última partida entre Athletico e Sport foi na última rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Que aconteceu no dia 25 de fevereiro de 2021, por circunstâncias dos atrasos no calendário brasileiro, devido aos transtornos causados pela pandemia da COVID-19, o Furacão derrotou o Leão pernambucano por 2 a 0.

1° Gol – Nikão

Ainda no primeiro tempo. Após troca de passes, Christian lançou para Renato Kayzer na área. O atacante tocou para o meio e o camisa onze atleticano, livre, mandou para as redes.

O jogador Nikão. Foto: Joka Madruga/FURACAO.COM


2° Gol – Léo Cittadini

Já no finalzinho da partida. Khellven cruzou de perna esquerda. Cittadini apareceu por trás da marcação e desviou de cabeça, encobrindo o goleiro, Luan Polli.

O jogador Cittadini. Foto: Joka Madruga/FURACAO.COM

Com ambas as equipes passando por um mau momento na competição, o objetivo é apenas um: A VITÓRIA.



Últimas Notícias

Brasileiro

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada…

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…