19 set 2021 - 18h54

Parabéns, Ultras do Atlético: 29 anos de muita história!!!

Neste final de semana, com muito orgulho, a Associação Independente Ultras do Atlético chegou aos seus 29 anos de existência.

A fundação da Ultras, vem lá da década de 90 quando Marcelo (Rato) voltou de uma estada na Europa, e trouxe com ele a ideologia de um ULTRA. Aqui no Brasil, ainda pouco se sabia sobre estas divisões de “estilos de torcer”.

Na Europa este modelo já era bem claro e definido, mas em terras brasilis era totalmente novidade: lembrem-se que estamos falando de um tempo sem Google.

E foi assim que a Ultras nasceu, e que devagar entre tantas outras torcidas que nasciam e morriam nas arquibancadas do Joaquim Américo, Arena da Baixada, é que a ULTRAS foi sobrevivendo. Hoje, em tempos onde redes sociais são mais importantes que as “rodas sociais”, além de parabenizar, reforçamos a necessidade de sempre exaltar a raiz forte que manteve a ULTRAS por todos estes longos anos de vitórias, derrotas, fracassos, traições, alegrias e guerras que vivemos.

A Ultras do Atlético sempre se diferenciou mesmo não sendo uma grande torcida do cenário nacional e o motivo disso é claro. Ela nasceu para ser diferente, ela não era uma torcida organizada comum, e isto sempre foi mostrado nas arquibancadas do Brasil, materiais e iniciativas que sempre tivemos. Para quem acompanha o Atlético Paranaense a algum tempo deve lembrar de algumas das ações abaixo, levadas às arquibancadas, e relembradas aqui por seus fundadores:

– Primeiro bandeirão nos estádios paranaenses
– Os materiais vermelhos (sólidos) com os escorpiões de marca d’agua
– Estandarte nas arquibancadas
– Inúmeras festas de papeis picados
– Músicas com ritmos até ali pouco usados
– A FRASE “A PRIMEIRA ULTRA DO BRASIL”

E assim se instituiu a PRIMEIRA ULTRA do BRASI!

Os últimos anos não foram e não estão sendo fáceis, mas a ULTRAS bravamente continua, ela está e precisa estar sempre junto ao Atlético, onde tem uma história muito linda para simplesmente ser subjugada ao passado.

O passado é um local frio e escuro onde os inglórios tentam manter o que os incomoda ou pode “diminui-los” neste mundo de e redes sociais e demonstração de poder.

Este é o pensamento de toda a VELHA GUARDA da ULTRAS que possui associados com mais de 25 anos desta história de 29 anos e que nem são vovôs ainda! E que mantem ideologia, preservam as crenças que o Marcelo (Rato) lá com seus fundadores e outras tantas pessoas que passaram pela torcida acreditam.

Nas palavras ainda da VELHA GUARDA, “A Ultras aguarda ansiosamente o retorno do público aos estádios para preservar o que a ideologia ULTRA nos trouxe, e o que ela nos trouxe não foi necessidade de camiseta descrevendo sua hierarquia “DIRETORIA”, não foi gírias da moda para redes sociais, não foi necessidade de estruturas que se assemelham a órgão públicos”.

Abre-se parenteses ainda para as palavras da Velha Guarda da Ultras:

“O que a ideologia ULTRA sempre trouxe foi a intensidade de amor ao clube, o amor que não tem travas e nem dificuldades para ser respaldado ao lado do CLUBE, e nisso sempre tivemos dentro de nossas sedes, ou então nas reuniões em parques, ruas pois onde temos duas pessoas que amam incondicionalmente o ATLÉTICO e são ULTRAAPAIXONADOS estaremos lá e sempre foi assim, portanto para nós o formato não interessa, e sim o conteúdo, e qual conteúdo estamos falando? O alicerce que manteve este nome muito forte mesmo em tempos que nem no estádio poderíamos estar? Foi o AMOR ao CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE e o exagero em todas as ações. Quem lê este texto pode pensar. “Os tempos mudaram”, sim mudaram, mas o respeito aos irmãos mais velhos de arquibancada, o amor incondicional ao clube, o tripé de qualquer torcida que queira respeito que é (ARQUIBANCADA, FESTA E CLUBE) nunca sairão de moda! E isto que a VELHA GUARDA preza, alimenta e mantem em todas as reuniões que fazemos ainda para manter este nome Ultras com o respeito que ele sempre teve nas arquibancadas do Brasil.

Nestes 29 anos agradecemos a todos integrantes que passaram pela vida da instituição, aos mais velhos que procuraram outros rumos, aos aliados espalhados pelo BRASIL, aos amigos que nossa caminhada nos deu, e também a todos integrantes mais novos que chegaram e sempre souberam guardar como a maior preciosidade de suas vidas o que foi construído, afinal alicerces e barras de sustentação nunca devem ser enfraquecidas ou sobrepostos! E especialmente aos amigos de organizadas ou não, atleticanos que reconhecem nossa parcela de apoio e ajuda ao FURACÃO, pois nestes quase 30 anos muitas dificuldades enfrentamos e hoje podemos afirmar que nos mantemos vivos e prontos para completar 3 décadas de história!

Ah, não temos intenção de ser a palavra oficial da ASSOCIAÇÃO INDEPENDENTE ULTRAS DO ATLÉTICO, somos apenas a palavra de quem viveu a história e respeita os alicerces”.

Parabenizamos a VELHA GUARDA e a todos os integrantes da ASSOCIAÇÃO INDEPENDENTE ULTRAS DO ATLÉTICO pelo 29a. aniversário, desejando o rápido retorno aos estádios, e que possamos juntos empurrar o Furacão por mais títulos.

Texto da VELHA GUARDA DA ULTRAS, adaptado para a Furacao.com



Últimas Notícias

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…