4 out 2021 - 19h01

Tudo planejado?

Nos últimos quatro anos o Athletico utilizou a mesma estratégia ao enfrentar o Flamengo, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Desde 2018, o Furacão tem optado por jogar com uma equipe formada por atletas considerados reservas.

– Brasileirão 2018, resultado final: Flamengo 1 x 2 Athletico (reserva).

No primeiro dos quatro anos, o Furacão foi ao Rio de Janeiro e voltou com a vitória. O Flamengo abriu o marcador com o ex-zagueiro atleticano, Rhodolfo, aos 23 min da primeira etapa, porém o Furacão virou o placar no segundo tempo, com dois belos gols, o primeiro marcado por Matheus Rossetto, aos 65 min, em jogada trabalhada dentro da área, e o segundo marcado por Rony, aos 71 min, em uma linda finalização de média distância.

Escalação: 4-2-3-1

– Brasileirão 2019, resultado final: Flamengo 3 x 2 Athletico (reserva).

O roteiro começou semelhante ao de 2018, o Flamengo abriu o placar com Gabriel Barbosa de pênalti, aos 32’min, do primeiro tempo. Na segunda etapa o Athletico reagiu e virou o jogo com dois gols de Marcelo Cirino, 64′, 72′(P), porém já nos minutos finais da partida, o Flamengo foi para o ‘tudo ou nada’, colocando até zagueiro na área e conseguiu reagir, com gols de Bruno Henrique, 90′, e Rodrigo Caio, 90+6 min, no último lance da partida garantindo a vitória para o time carioca.

Escalação: 4-4-2

– Brasileirão 2020, resultado final: Flamengo 3 x 1 Athletico (reserva).

O Athletico fez um primeiro tempo equilibrado, encerrando a primeira etapa com mais posse de bola, porém no segundo tempo o Rubro-Negro carioca partiu pra cima do Furacão e fez logo dois gols, o primeiro com Pedro, aos 56′ e o segundo com Bruno Henrique de pênalti, aos 59 min. O Athletico até ensaiou uma reação com Renato Kayser diminuindo o placar, aos 67 min. Porém, pouco tempo depois o Flamengo ampliou o placar com Everton Ribeiro, aos 77 min, dando números finais a partida.

Escalação: 4-3-3

– Brasileirão 2021, resultado final: Flamengo 3 x 0 Athletico (reserva).

De todos os anos que o Furacão optou por jogar com o time reserva contra o Flamengo, no Rio de Janeiro. 2021 foi disparado o pior. A equipe carioca dominou o Athletico por inteiro, praticamente não deu nenhuma chance, fez três gols ainda no primeiro tempo, ao natural, com Everton Ribeiro aos 5′, Bruno Henrique aos 10′, e Andreas Pereira 45+4 min. No segundo tempo a equipe carioca apenas administrou o resultado construído na etapa inicial da partida e garantiu a vitória.

Escalação: 3-4-2-1



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…