O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
24 nov 2021 - 11h35

Meu pai viu de camarote

Nas oitavas, dia 20/7, nos classificávamos em cima do América de Cáli com a goleada de 4×1. A partir de então, faltavam 5 partidas pra taça.

E eu acreditei. Falei com a Roberta Salles (Atleticanissimas) e pedi pra ela uma pacote pra final, que seria dia 6/11. Dia 22, convidei meu pai, que aceitou de prontidão. Seria mais uma viagem nossa pra fora do país pra ver o Furacão (2019 fomos em La Bombonera).

Dia 27 comuniquei que a data da final foi alterada para 20/11. Sabendo da nova data, ele decidiu partir dia 29/7, sendo um dos primeiros atleticanos a chegar no Centenário. E ele estava lá, sim, acompanhando a mim e a irmã dele, Adilza, minha tia de 71 que comprou essa loucura de viagem comigo.

E foi tudo perfeito, apesar da Conmebol. Fizemos grandes amizades, conhecemos figuras ilustres, voamos com Lucho na volta, chegamos com o Bi. Deus escreve certo por linhas tortas. Ser atleticano é isso, buscar as glórias pelos caminhos mais difíceis. Obrigado meu pai, Seu Adiacir, que esteve conosco. O choro no apito final foi de saudades. Muitas saudades.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…