3 dez 2021 - 20h59

Com gol de Pedro Rocha, Furacão chega aos 45 pontos em vitória contra o Cuiabá na Arena da Baixada

Em dia de vida ou morte para o Furacão no Brasileirão, a vitória por 1×0 foi como uma goleada. Apesar de, novamente, não ter feito um bom jogo contra o Cuiabá nesta sexta feira (03/12), o gol de Pedro Rocha foi decisivo, diante de 18 mil torcedores na Arena da Baixada, para dar tranquilidade à equipe na preparação para a final da Copa do Brasil.

Jogando em casa, o Athletico tomou as primeiras ações ofensivas. Ora buscando pelas laterais, ora pelo meio, o rubro negro passou os primeiros minutos buscando o gol com todas as suas forças. Para o Cuiabá restaram os contra ataques, que até encaixaram em duas oportunidades, uma desperdiçada e uma grande defesa de Santos. O Furacão, porém, não chegou a concluir com perigo contra a meta do adversário.

Precisando do resultado, Alberto Valentim sacou Nico Hernandez no intervalo e promoveu a entrada de Bissoli no ataque para tentar atravessar o forte bloqueio montado pelo técnico Jorginho, do Cuiabá. Com mais poderio ofensivo, não demorou para o Furacão abrir o placar. Após jogada pela direita, Pedro Rocha pegou o rebote do goleiro e balançou as redes. O jogo permaneceu tenso, mas sem grandes chances para nenhum lado.

Com o resultado, o Furacão chega a 45 pontos, ocupa a décima segunda posição da tabela e praticamente da adeus às chances de rebaixamento. Próxima partida é dia 6/12, contra o Palmeiras na Arena da Baixada, às 19h. O time paulista deve usar os reservas e o Athletico terá o desfalque de David Terans que estava pendurado e tomou o terceiro amarelo contra o Cuiabá.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…