17 dez 2021 - 10h00

O Fanático paraguaio

Em 2010 o Athletico contratava um meia atacante paraguaio com pouca rodagem dentro de seu país e um currículo um pouco estranho. Iván González se profissionalizou em 2004, no Guaraní de sua terra natal, e se transferiu no mesmo ano ao St. Gellen, na Suíça. Em 2006 fez parte do elenco campeão alemão com o Sttutgart e ainda passou por clubes paraguaios (entre eles o Cerro Porteno) e o FC Wil (Suíça) antes de desembarcar em Curitiba.

Em um elenco com Branquinho, Marcinho, Netinho, Tartá e o técnico Leandro Niehues, o que não faltam são possíveis indicados ao Trofeu Joinha, mas González tinha algo em especial: uma foto de infância usando uma camisa da Torcida Organizada Os Fanáticos.

Ivan González [foto: FURACAO.COM/Joka Madruga]
O atleta relatou que ganhou a camisa de presente de seu pai nos anos 90, quando ele fez uma viagem ao Brasil. O interesse no atleta foi grande por parte da torcida e expectativas foram criadas, mas o paraguaio não correspondeu. Foram apenas dois gols em 19 jogos pelo Brasileirão daquele ano e em 2011 ele foi transferido para o América de Natal.

Em 2019, o meia atacante foi detido pela polícia paraguaia, em Assunção, sob acusação de violência doméstica. Segundo informações do jornal ABC, na época do ocorrido, ele foi encontrado no bairro Santísima Trindad e teve o mandato de prisão expedido em 25 de janeiro.



Últimas Notícias

Notícias

O Fanático paraguaio

Em 2010 o Athletico contratava um meia atacante paraguaio com pouca rodagem dentro de seu país e um currículo um pouco estranho. Iván González se…

Opinião

Um basta ao racismo

A Furacao.com, em nome de todos os seus colaboradores, vem a público manifestar o seu repúdio aos atos racistas cometidos por alguns torcedores na Arena…