17 jan 2022 - 15h16

Athletico vai reformulando elenco

Depois de manter uma boa base no biênio 2018/19 com diversas conquistas inéditas na história do clube, ter sofrido muitas baixas e não conseguindo o mesmo êxito na reformulação para as temporadas 2020/21, o Athletico inicia 2022 um pouco tímido, mas já sabendo com quais jogadores não poderá contar a partir de agora.

Alguns deles tiveram o fim de seu vínculo contratual e não ficarão mais no elenco como Jadson e Matheus Anjos, que estavam emprestados e não possuem mais contrato com o Furacão. Dos que estavam no elenco, o lateral Marcio Azevedo e o meia Fernando Canesin passaram pela mesma situação. Além deles o meia Jorginho acabou acertando sua volta junto ao Atlético-GO de onde veio em 2020, não tendo repetido no rubro-negro paranaense a mesma performance que teve no Dragão.

NIKÃO

Mas sem dúvidas a maior e mais lamentada perda por término do contrato foi do meia Nikão. O atleta que esteve no Furacão nas últimas 7 temporadas, tendo ajudado o clube em suas mais recentes conquistas já externava seu desejo de respirar novos ares e conquistar maior autonomia financeira desde 2019, se despediu oficialmente no início da segunda semana de janeiro.

O camisa 11 se despediu do Furacão ao final do ano. Foto: Joka Madruga/FURACAO.COM

Nikão disputou ao todo 314 jogos, tendo marcado 49 gols e dado 47 assistências, conquistando com a camisa do Athletico um total de 6 títulos: Paranaenses 2016 e 2020 (fez gol na final), Copa do Brasil 2019, J. League/Conmebol 2019 e duas Copas Sul-Americana 2018 e 2021 onde fez o gol do título.

Após tratativas quase certas com o Internacional, Nikão acabou assinando com o São Paulo por onde jogará nas próximas duas temporadas.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…