21 fev 2022 - 21h20

A busca por um título inédito

Os campeões da Sul-Americana e Libertadores de 2021, Athletico e Palmeiras começam nesta quarta (23) às 21h30, na Arena da Baixada, a busca por um título inédito: o de campeão da Recopa Sul-Americana.

Os dois clubes tiveram a chance de conquistar essa taça nos últimos anos, porém ambos acabaram derrotados por equipes argentinas. O Furacão decidiu em 2019, quando venceu o River Plate em casa, mas foi derrotado no Monumental de Nuñez. Já o Palmeiras, teve a chance em 2021 e acabou sendo superado nas penalidades pelo Defensa y Justicia. Dessa vez a final é brasileira.

Para a torcida rubro-negra, a expectativa é grande para mais uma decisão, podendo ser o quarto título internacional nos últimos 4 anos, somado as Sul-Americanas 2018 e 2021 e Levain Cup 2019.

O jogo

A equipe principal do Furacão vem para o seu terceiro jogo no ano, após vitória sobre o Rio Branco e empate no clássico Atletiba, pelo Campeonato Paranaense. O técnico Alberto Valentim repetiu a escalação nos dois primeiros jogos, exceto apenas por uma mudança, onde o centroavante Pablo ganhou a vaga no ataque.

A tendência é de manutenção da equipe, ficando em aberto as vagas nas pontas direita e esquerda: Santos, Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner, Erick, Matheus Fernandes e Leo Cittadini, Davi (Julimar), Reinaldo (Terans) e Pablo. Também existe a expectativa para estreia do camisa 10, Marlos, com a camisa atleticana.

O confronto também marca o reencontro do Athletico com jogadores que fizeram parte da história recente do clube, goleiro Weverton, meio-campo Raphael Veiga e o atacante Rony, todos campeões pelo rubro-negro.

Torcida

Não haverá venda de ingressos para torcida atleticana, devido a limitação de 70% da capacidade do estádio, ficando o acesso apenas para os sócios. Mesmo assim, é esperando um bom público para a decisão, sendo mais uma vez o Caldeirão uma das esperanças para o Furacão sair em vantagem na primeira partida da final.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Resumão

Resolvi escrever o texto somente hoje… Depois do jogo do Ceará, em que o time fez uma boa partida, curiosamente não foi comandado por Felipão…

Fala, Atleticano

Expectativa

Pois é, o que tenho agora é uma expectativa em relação ao futuro do CAP neste ano. Mudamos de técnico, alguns jogadores chegaram, outros foram…