5 abr 2022 - 21h13

Caracas, moleque! Pouca efetividade e vontade marcam empate do Athletico na Venezuela

O Estádio Olimpico de la UCV foi palco, na noite desta quarta-feira (05/04), do duelo entre Athletico e Caracas, pela partida de abertura do grupo B da Libertadores da América. Apresentando um futebol de baixa qualidade, o Athletico empatou por 0 a 0 na sua estreia na competição.

O primeiro tempo começou com o Furacão em cima e logo Pablo escorou de cabeça e deixou Terans em boa posição, mas o uruguaio finalizou para fora. A pressão foi aos poucos cedendo e isso abriu espaços para que o Caracas tentasse, sem muito sucesso, chegar ao gol.  Pouco criativo ofensivamente, o Athletico passou a criar pouco e manter muito a posse de bola, vendo o Caracas crescer às costas de Abner. O primeiro tempo ainda contou com outra boa bola de Pablo a Terans, que novamente finalizou mal.

O segundo tempo chegou mas o rubro negro não pareceu ter mudado muito. Os mesmos erros do primeiro tempo aconteceram e deixaram o time previsível. Dessa forma, os mandantes passaram a gostar do jogo, e acreditar que seria possível vencer, saindo mais ao ataque a aproveitando os espaços deixados pelo Athletico no meio campo. Ao promover as entradas de Vitor Bueno, Khelven, Marlos e posteriormente Rômulo, o Athletico terminou o jogo com 11 jogadores em campo que não pareciam se encontrar. Empate com sabor de derrota na Venezuela.

O próximo compromisso do rubro-negro é com o The Strongest, dia 14, na Arena da Baixada.



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…