O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 abr 2022 - 23h25

Cadê o comandante?

Existem diversas abordagens da psicologia. Reconheço a abordagem comportamental, a psicanalítica e a sistêmica. A psicologia está em constante luta para se consolidar como uma ciência. Por não ser exata, por não ser biológica, sempre esbarra na desconfiança que é comum às ciências humanas.

Não sou psicólogo. Sou cientista. Sei que a ciência, na maioria das vezes, apresenta teses sobre a verdade. Por isso, a verdade pode ser contada de diversas formas.

Sou apaixonado por ciência e pelo Athletico. E conheci a abordagem sistêmica fazendo terapia e também nos meus estudos acadêmicos. Na psicologia, a abordagem sistêmica trabalha com leis. Existe uma que acho que possa explicar nossa situação em campo, e a paciência que devemos ter até que este time engrene. Esta lei sistêmica é a da Ordem, ou Hierarquia.

Nosso time, é verdade, se enchei de bons reforços para essa temporada. Mas aí está a primeira constatação: são reforços jovens. Vieram para crescer e aprender no clube. Montamos um cenário que atrai atletas para ter em nossa estrutura um degrau para alcançar os grandes salários e clubes da Europa. Quem tem dúvida disso, ouça a entrevista de Canobbio na Furacão Play. O jogador está acompanhado do seu pai e praticamente agradece a oportunidade de poder estar aprendendo aqui. Mais do que entregar, ele está aqui para receber conhecimento. Sabe que mais do que o salário, é isso que podemos oferecer. O clube se estruturou para isso, para atrair atletas como plano de carreira.
Por outro lado, quem em campo pode ser o nosso comandante? Os novos, acabaram de chegar. Precisam dos que estavam por aqui antes para saber qual cartilha seguir. E o clube perdeu muitos lideres dentro de campo. Nikão foi o lider no ano passado. Quase 10 anos de clube. Não precisava falar grosso, gritar, ser extrovertido. Sua liderança era tácita. Santos também era um líder que foi embora. Paulo Autuori e Lucho, El Comandante, também saíram.

A ausência de Thiago Heleno em campo, um veterano de clube e profissão, pode estar sendo um ponto que deixa o clube sem lideres, e o grupo desorientado.

Acredito que essa é apenas uma tese. Mas é algo para olharmos e ter atenção e paciência. Não conseguiremos trazer um técnico que assuma a função de liderança. Ela terá que ser exercida por diretores do clube por enquanto, e esses que darão aval para que veteranos contratados (Dedé, Hugo Moura e até Fernandinho) possam passar a exercer alguma liderança.

Por enquanto, aguardemos a volta do General e tenhamos paciência. Somos um time em formação.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Resumão

Resolvi escrever o texto somente hoje… Depois do jogo do Ceará, em que o time fez uma boa partida, curiosamente não foi comandado por Felipão…

Fala, Atleticano

Expectativa

Pois é, o que tenho agora é uma expectativa em relação ao futuro do CAP neste ano. Mudamos de técnico, alguns jogadores chegaram, outros foram…