22 maio 2022 - 21h50

Athletico vence Avaí e respira no Brasileirão

Na Arena da Baixada, Athletico 2 x 1 Avaí.

Primeiro Tempo

O Athletico manteve a mesma escalação da partida contra o Libertad e começou bem o jogo, pressionando o time do Avaí e mantendo a posse de bola.

Já aos 14 minutos Pablo chutou para defesa do goleiro Douglas.

Aos 24, após chute de fora da área a bola desvia no braço do zagueiro do Avaí. O árbitro não viu, mas o VAR chamou e o pênalti foi confirmado.

Na cobrança, Terans bateu com perfeição deslocando o goleiro Douglas. Athletico 1 x 0.

O Athletico seguia dominando a partida, com boas atuações de Cuello e Terans.

O Avaí chegou com perigo aos 32. Eduardo enfia a bola para Dentinho, nas costas de Khellven, mas Bento sai com perfeição e evita o gol de empate.

Aos 39 outra excelente chance para o Athletico. Christian aproveita a falha de Cortez, domina na entrada da área mas chuta a esquerda do gol de Douglas.

O Athletico amplia aos 45, após excelente triangulação pela esquerda, Cuello cruza rasteiro para a área para Terans, que finaliza cruzado sem chances para Douglas. Athletico 2 x 0.

Segundo Tempo

O Avaí mudou no segundo tempo, com Matheus Galdezani entrando no lugar de Eduardo.

Já aos 2 minutos, Dentinho faz a jogada na entrada da área do Athletico e sofre falta de Hugo Moura. O árbitro assinala o pênalti para o Avaí.

Na cobrança veio o lance mais bizarro da partida. William Potker tenta bater displicentemente de cavadinha, o goleiro Bento tem tempo de retornar e fazer a defesa. Na sobra, Khellven buscava chutar a bola para frente, mas Potker entra na frente e o estranho árbitro Flavio Rodrigues de Souza assinala novo pênalti para o Avaí.

Desta vez, William Potker bate com seriedade e desconta para o Avaí. Athletico 2 x 1.

O Athletico continuou com o domínio do jogo. Aos 9, Terans faz boa jogada pela esquerda e cruza, mas Canobbio chega atrasado.

Aos 11, outra chance desperdiçada por Christian, que recebe ótimo passe por elevação de Terans, domina no peito e bate de primeira, a direita do gol de Douglas.

O Avaí mudou 2 vezes aos 21, com as entradas de Marcinho e Copete.

Felipão também mexeu no time, colocando Erick no lugar de Christian.

Aos 32, após dividida com Copete, Pedro Henrique sente o tornozelo e precisa ser substituído, para entrada de Matheus Felipe.

O Avaí seguia tentando ampliar sua presença no ataque, sacando Potker para a entrada de Romulo e Vitinho no lugar de Dentinho.

Para ganhar tempo e aumentar a marcação nos minutos finais, Felipão saca Terans e Hugo Moura para a entrada de Pablo Siles e Matheus Fernandes.

Aos 43, Canobbio recupera a posse de bola, carrega para o ataque mas exagera no individualismo e é desarmado.

Aos 47 outra grande chance para o Athletico. Pablo rouba a bola e enfia em profundidade para Cuello, que é desarmado no momento do chute, já dentro da área.

Fim de jogo, o Athletico se recupera no Campeonato Brasileiro e consegue vitória fundamental contra o Avaí. Com a vitória o rubro-negro sobe para a 12a posição no Campeonato.

Próximas Partidas

O rubro-negro volta a campo na quinta-feira, as 19h para o jogo decisivo contra o Caracas pela Libertadores da América, na Arena da Baixada.

Pelo Brasileiro, o Athletico enfrenta o Cuiabá fora de casa no próximo domingo, as 18h.



Últimas Notícias

Notícia

Deu tela azul, no Azuriz

Pela sexta rodada do Campeonato Paranaense o Athletico recebeu o Azuriz. E desde o início demonstrou que está em franca evolução. Já aos 4 minutos,…