8 jun 2022 - 21h43

Furacão na Serra Gaúcha: Vitória sobre o Juventude e G4 Provisório!

O Athletico venceu e venceu com autoridade!

Em mais uma boa partida dos comandados de Luiz Felipe Scolari, o Athletico superou o Juventude por 3×1 no Alfredo Jaconi e assumiu provisoriamente a vice-liderança do Brasileirão.

Dorme no G-4 e torcerá para que Palmeiras, Atlético de Minas e Coritiba percam seus jogos para se manter nesta segunda posição.

Mas nem tudo foram flores. Principalmente o pré-jogo.

Uma confusão generalizada entre torcedores do Furacão e do alviverde da serra gaúcha apagaram um pouco o brilho da partida antes mesmo da bola rolar. Corre-corre, selvageria, ação da PM e um torcedor do Athletico ferido gravemente foram o saldo inicial de CAP x Juventude. A torcida do Athletico não pôde se fazer presente dentro do Jaconi por ordem da Polícia Militar de Caxias do Sul. Uma pena!

Com a bola rolando, um jogo bastante amarrado no início do primeiro tempo, e assim permaneceu até os 30 minutos. Protagonismo nas ações pelo Juventude, mas não materializada em gol. O Athletico vinha fechado, esperando o ataque do time da Papada para reagir. Porém ambos os times erraram bastante e o jogo somente veio sair do zero aos 38´ do primeiro tempo.

Gol do Juventude: o defensor Vitor Mendes, lança com bastante força um lateral-cruzamento para a área do Athletico. A zaga falha, e o meia Jadson chuta cruzado para vencer Bento: 1×0 Juventude.

Um adento importante: mais uma falha em jogada aérea da zaga rubro-negra. O terceiro gol tomado de forma aérea nos dois últimos jogos e soma-se à grande estatística de gols sofridos por bola aérea em 2022. Preocupa!

Mas o Athletico reagiu. Bola esticada para Terans. O uruguaio dá um belo passe para o artilheiro Pablo chutar cruzado, e empatar o jogo. GOL DO ATHLETICO: 1×1.

O segundo tempo também começa arrastado. Juventude com mais posse de bola e ações ofensivas. Porém esbarra na inoperância e falta de qualidade do seu ataque. O Athletico espera, e assusta nos contra ataques.

E assim foi. Vitor Mendes perde a bola no ataque, Terans é lançado, gira o corpo e bate de esquerda no canto baixo do goleiro César. VIRADA ATLETICANA: 1×2 no Jaconi.

O Juventude vem com tudo, mas não ameaça nenhuma vez o gol de Bento.

Neste desespero, mais um erro dos gaúchos: bola esticada para Marcelo Cirino, que troca passes com Pablo, e por fim Vitor Bueno concretiza o contra-ataque de videogame. CAIXÃO FECHADO NA SERRA: 3×1 para o FURACÃO.

Sexta vitória de Felipão em 8 jogos. Invicto.

O Athletico volta a campo dia 12/06 contra o Fortaleza, fora de casa.

 

JUVENTUDE 1 x 3 ATHLETICO-PR

Brasileirão – 10ª rodada

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Gols: Jadson, aos 37’/1ºT (JUV); Pablo, aos 47’/1ºT (ATH); Terans, aos 17’/2ºT (ATH), Vitor Bueno, aos 49’/2ºT (ATH).

Cartões amarelos: Jean, Rômulo (JUV); Pablo, Pedro Henrique, Bento (ATH)

JUVENTUDE: César; Paulo Henrique (Rômulo), Vitor Mendes, Rafael Forster e Moraes; Jean (Ricardo Bueno), Yuri, Jadson (Marlon) e e Chico Kim (Capixaba); Vitor Gabriel e Isidro Pitta (Óscar Ruiz). Técnico: Eduardo Baptista

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández (Matheus Felipe) e Abner; Hugo Moura, Matheus Fernandes (Marcelo Cirino) e David Terans (Vitor Bueno); Cuello (Erick), Pedro Rocha (Léo Cittadini) e Pablo. Técnico: Luiz Felipe Scolari



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…