20 jun 2022 - 15h07

No apagar das luzes – Eu vejo o presente repetir o passado

Nas últimas seis vezes que o Athletico saiu com o triunfo no clássico atletiba, em cinco oportunidades a partida foi resolvida nos últimos minutos do jogo.

2019 – CONQUISTA DA TAÇA DIRCEU KRÜGER

Depois de um primeiro tempo ruim, o Athletico viu o Coritiba abrir o placar com Welinton Junior, aos 29min do segundo tempo, e ter a taça que carrega o nome do seu maior ídolo nas mãos até os 44 minutos do segundo tempo. Foi quando o meia Marquinho enfim conseguiu furar a defesa do rival e marcou o gol de empate que levou a decisão para os pênaltis, onde o time do Furacão garantiu a conquista.

NO JOGO DE IDA DA FINAL DO CAMPEONATO PARANAENSE 2020

Com um gol de Léo Cittadini aos 45 do segundo tempo, o Athletico bateu o Coritiba por 1 x 0. O clássico daquele dia 02 de agosto de 2020, na Arena da Baixada, foi a primeira final sem público na história da competição. Os portões fechados foram por conta da pandemia do novo coronavírus.

A TERCEIRA CONQUISTA CONSECUTIVA

A torcida do Athletico sofreu, mas comemorou no final. O Furacão virou para cima do rival Coritiba com dois gols nos acréscimos do segundo tempo, Khellven aos 46 e Nikão aos 48, garantiram o TRI Campeonato Paranaense para o Furacão em 2020.

RECENTEMENTE A UNICA VITÓRIA SEM GOL NOS MINUTOS FINAIS 

Foi na abertura da 10ª rodada do Brasileirão 2020. Chamado de o “clássico dos desesperados”.  Os dois times chegaram para a partida na zona de rebaixamento. O Athletico venceu o Coritiba por 1 x 0, o gol do jogo foi marcado pelo atacante Fabinho (primeiro gol como profissional). Com a vitória, o Furacão saiu do Z-4 e encerrou um longo jejum. A equipe atleticana não vencia há sete jogos – eram dois empates e cinco derrotas.

7ª RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE 2021

O Athletico venceu o Coritiba por 2 x 1, na Arena da Baixada, com dois gols do atacante Vitinho – que entrou na segunda etapa. Waguininho fez o gol do Coritiba.

Quando o jogo se encaminhava para o fim com o placar em igualdade, o nome do jogo resolveu aparecer com uma pintura aos 45 minutos. De fora da área, Vitinho soltou uma bomba na gaveta de Wilson, que até tentou, mas não chegou na bola. Foi o segundo gol do Furacão e de Vitinho na partida.

AHHH O FUTEBOL!

13ª rodada do Brasileirão 2022, um clássico disputado na tarde fria de Curitiba, o time coxa-branca dominou a partida do início ao fim, colecionou inúmeras chances de inaugurar o marcador, mas parou na falta de pontaria ou nas defesas do goleiro Bento. O Furacão se defendeu como pode durante os 90 minutos e só foi sair para o ataque com maior ímpeto quando lateral esquerdo Diego Porfirio foi expulso, aos 41 do segundo tempo. No último lance do jogo, em uma bola alçada na área, o goleiro Rafael William saiu afobado do gol, acertou um soco no rosto do jovem atacante Vítor Roque. Aos 55 minutos, Khellven foi para a cobrança do pênalti, e com uma batida perfeita deu números finais a partida.

Garantindo mais uma vitória para o Furacão no apagar das luzes.

 



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…