8 jul 2022 - 7h38

Pré-jogo – Goiás x Athletico, estatísticas

Depois de empatar com o Libertad, no Estádio Defensores del Chaco e garantir a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores, o Athletico volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. Neste sábado, às 20h30 (de Brasília), o Furacão disputará a 16ª rodada do Brasileirão contra o Goiás. No Estádio da Serrinha com transmissão do Canal Premiere.

Esse será o 48° encontro (oficial) entre as duas equipes:

HISTÓRICO DE CONFRONTOS:
• 42x Campeonato Brasileiro Série A
• 04x Campeonato Brasileiro Série B
• 01x Copa dos Campeões

HISTÓRICO GERAL:
• 20 vitórias (Athletico)
• 10 empates
• 17 derrotas
• 69 gols (Athletico)
• 65 gols (Goiás)

PRIMEIRO TURNO | ATHLETICO 2 X 1 GOIAS – BRASILEIRÃO 2020
Na 2ª rodada do Brasileirão 2020, comandado por Dorival Jr, o Athletico venceu o Goiás por 2 x 1 na Arena da Baixada. Vitinho fez o primeiro gol do Furacão, em uma linda finalização no ângulo do goleiro Marcelo Rangel. Carlos Eduardo fez o segundo gol em um lance de oportunismo. Daniel Bessa marcou o gol esmeraldino em uma cobrança de pênalti no final do primeiro tempo. Com o resultado, o Athletico – que já tinha vencido o Fortaleza na estreia – manteve os 100% e chegou a seis pontos na competição.

SEGUNDO TURNO | GOIÁS 0 X 1 ATHLETICO – BRASILEIRÃO 2020
O duelo dos desesperados, comandado por Paulo Autuori, o Athletico fez um jogo parelho com a equipe esmeraldina, com chances para os dois lados, mas levemente favorável ao Furacão. O Athletico bateu o Goiás por 1 x 0, e naquela ocasião conseguiu sair da zona de rebaixamento. Renato Kayzer marcou aos 20 minutos do primeiro tempo o único gol da partida que foi disputado no Estádio da Serrinha, válido pela 21ª rodada. Com a vitória do Furacão, a equipe goiana chegou a 11 jogos sem vencer no Brasileirão.

GOLEADA E PENÚLTIMO GOL DE MARCO RUBEN COM A CAMISA DO ATHLETICO | BRASILEIRÃO 2019
O Athletico venceu o Goiás por 4 x 1, de virada, naquela tarde de domingo, na Arena da Baixada, pela 28ª rodada do Brasileirão. Aos 45 minutos do primeiro tempo, Rafael Moura, abriu o placar para o time esmeraldino. Em um início de segundo tempo arrasador, o Furacão marcou três vezes em menos de 15 minutos, com Léo Pereira, Rony e Adriano. Nos acréscimos da etapa final, Marcos Ruben marcou o último da vitória atleticana, e o penúltimo gol com a camisa do Furacão.

CURIOSIDADE: 



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…