2 ago 2022 - 18h27

Placer, Estudiantes de La Plata

Quis o destino que justo no dia 04 de agosto, aniversário do clube argentino, Athletico e Estudiantes se encontrem para a primeira das duas partidas pelas quartas de final da Taça Libertadores da América 2022. O clube fundado em 1905 após uma dissidência do Gimnasia de la Plata, seu arquirrival, foi talvez o primeiro clube a se revestir de um espírito copeiro, enfrentando como uma batalha os chamados cinco grandes de Buenos Aires e os vencendo por diversas vezes ao longo da história.

Formado principalmente por jovens e tendo vinte de seus fundadores então estudantes universitários, logo foi identificado como o time de “Estudiantes” tendo assim uma fácil assimilação quanto a seu nome. As cores foram definidas somente em 1906, pois um dos fundadores era egresso da English High School, primeiro clube fundado na Argentina e que tinha as cores que representam até hoje os “pincharratas” como são conhecidos seus torcedores.

Aliás, o codinome que soava pejorativo no início logo foi assimilado. Pincharrata eram chamados os adeptos do clube que em sua maioria eram estudantes e uma boa parcela cursava medicina. Assim, pela grande dissecação de ratos nas aulas da faculdade, ficaram conhecidos como o time dos estudantes que ficavam pinçando ratos: “pincharratas”.

CLUBE E ESTÁDIO

O clube não tem somente o futebol em seus quadros, sendo destaque também no vôlei, handebol, basquete, hockey na grama (onde a Argentina é uma potência na categoria feminina), judô, boxe, natação, golfe, ginástica artística, tenis, tae kon do e levantamento de peso.

O Estudiantes manda seus jogos no Estádio Dr. Jorge Luis Hirschi, no centro de La Plata e foi totalmente reformado em 2008, sendo um estádio moderno com capacidade para pouco mais de 20 mil torcedores confortavelmente instalados.

PRINCIPAIS TÍTULOS E ÍDOLOS

A equipe venceu 6 campeonatos argentinos e 4 Libertadores da América, sendo 3 de forma consecutiva nos anos de 1968, 1969 e 1970. A outra conquista é mais recente, em 2009 quando venceu o Cruzeiro por 1 X 2 no Mineirão. Em 1969 venceu o Manchester United sagrando-se campeão do mundo.

O zagueiro campeão do mundo pela Argentina em 1986 José Luiz Brown e Raúl Madero, defensor da época de ouro no final dos anos 60 são ídolos eternos dos “pinchas”. O maestro Juan Ramon Veron “La Bruja” foi autor do gol do título mundial de 1969, jogou toda a vida no Estudiantes se aposentando aos 29 anos para cursar medicina, sendo considerado assim um autêntico “pincharrata”.

Seu filho, o craque Juan Sebatian Verón “La Brujita” iniciou também no Estudiantes, fez carreira na Europa, foi titular absoluto da Seleção Argentina por muitos anos e voltou ao clube para sagrar-se campeão da Libertadores em 2009, marcando seu nome e eternizando o da família na história do clube de La Plata.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…