5 ago 2022 - 0h01

Empate frustrante para o Furacão na Arena

Nesta quinta-feira (4), o Athletico recebeu o Estudiantes na Arena da Baixada pela partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores e ficou no empate sem gols. Furacão teve um penâlti e um gol anulados pelo VAR que frustraram a torcida rubro-negra.

Partida marcou o recorde de público do clube no ano com 34 mil torcedores presentes e a reestreia de Fernandinho na competição após 17 anos, ganhando o prêmio de melhor em campo.

O jogo

Na primeira etapa da partida, mesmo com o rubro-negro tendo mais finalizações e posse de bola, houve um equilíbrio entre as equipes. As chances mais perigosas foram quando Bento foi obrigado a fazer uma defesa difícil em escanteio da equipe argentina e em chute de Khellven numa cobrança de falta ensaiada. Porém o lance marcante do primeiro tempo foi o pênalti anulado em decisão polêmica do VAR, numa cabeçada de Cuello que a bola toca no braço do defensor argentino.

Na etapa final houve uma melhora da equipe atleticana, principalmente nos minutos finais, com boas chances seguidas de gol para o Furacão. A rede até balançou aos 36 minutos, com uma cabeçada de Thiago Heleno no ângulo, porém Khellven estava impedido na hora do cruzamento, marcação verificada pelo VAR que foi um banho de água fria para o torcedor. O empate se manteve até o final.

Decisão

A decisão para a semifinal será decidida em La Plata na próxima quinta-feira (11), sendo necessário uma vitória para o Furacão se classificar nos 90 minutos, empate leva para a decisão por pênaltis.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…