24 ago 2022 - 10h48

O adeus de um craque

De 2001 a 2005 e entre 2020 e 2021 a torcida rubro-negra teve o privilégio de apreciar a técnica e qualidade de um dos meias mais habilidosos criados no CT do Caju: o meia Jadson. Com sua direita apurada, passes e lançamentos milimétricos, suas cobranças de falta infalíveis, Jadson foi um meia que hoje parece estar em extinção no mercado.

Da mesma geração de Fernandinho, Dagoberto e Alan Bahia, o meia nascido em Londrina veio do PSTC, brilhou na base atleticana e foi o cérebro do time vice campeão brasileiro tendo feito 28 gols entre 2003 e 2004.

Jadson recebeu vários troféus de destaque da Furacao.com [foto: arquivo/ FURACAO.COM]
Brilhou durante 8 anos no futebol ucraniano sendo titular e protagonista do Shaktar Donetsk de onde se transferiu para o São Paulo em 2012 mas só se reencontrou no Corinthians onde jogou por dois períodos: 2014/15 e 2017 a 2019, tendo marcado 37 gols e sido duas vezes campeão brasileiro e três vezes campeão paulista.

O veterano atleta voltou ao Athletico em 2020 mas não rendeu o esperado, tendo marcado dois gols na sua passagem pelo clube que o revelou ao mundo. Depois do Furacão o atleta ainda se transferiu para o Avaí e esteve no Vitória até finalmente comunicar sua aposentadoria aos 38 anos de idade.

Que fique na memória dos atleticanos os bons momentos que o camisa 10 viveu vestindo nossa camisa. Obrigado Jadson!

 

Corinthians 0 X 5 Atlético em 2004.

 

Atlético 5 X 2 São Caetano em 2004.

Juventude 0 X 2 Athletico, último gol do craque com a camisa atleticana.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…