11 set 2022 - 14h25

Em ritmo de ressaca e feriadão

O Furacão foi a Florianópolis, na manhã desse domingo (11), e empatou com a equipe avaiana em 1 a 1, em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o Athletico permanece em 6° lugar e vai a 43 pontos. Por outro lado, a equipe catarinense permanece na zona de rebaixamento, em 18° lugar, com 25 pontos.

PRIMEIRO TEMPO

Um primeiro tempo morno de ambas as equipes foi a marca dessa etapa. O Furacão parecia que iria pra cima, logo a 6′ acertou o travessão com Khellven e, no rebote, Alex Santana chutou para fora. A partir disso, a equipe recuou e passou a ser displicente na marcação e na criação. Aos 21′ o Avaí chegou ao gol, num lançamento para o ponta Natanael, que acertou o cruzamento na cabeça de Pottker, livre, que só escorou para abrir o placar.

O lance curioso do primeiro tempo ficou por conta do árbitro, que deu amarelo para Fernandinho por falta violenta, por trás, aos 27′. O VAR o acionou, ele foi rever o lance e decidiu manter a decisão inicial.

SEGUNDO TEMPO

No intervalo, Felipão mexeu na equipe, sacando Abner, Fernandinho e Canobbio, entrando Pedrinho, Terans e Rômulo. Claramente, a ideia era preservar Fernandinho de uma expulsão e puxar contra-ataques mais efetivos pelos dois lados do campo. A medida pareceu certeira aos 2′, quando Terans recebeu no meio, livrou-se da marcação e finalizou com perfeição da intermediária, empatando o jogo com um belo gol no ângulo.

Mas Vitinho, que já estava amarelado, recebeu novo cartão e foi expulso por uma falta na lateral esquerda, aos 4′, deixando o Furacão com um a menos por mais de 45 minutos. Então, nova mudança tática, com Pablo e Rômulo compondo o meio e Terans mais adiantado. A partir daí, o Avaí saiu para tentar a vitória, mas esbarrou na defesa bem postada e na segurança de Bento. A equipe atleticana suportou bem a pressão e passou a ter o contra-ataque, por algumas vezes bem perigoso. A melhor oportunidade veio no último lance, aos 53′, com Rômulo que, num chute da entrada da área, pela direita, acertou a trave do Avaí. E não deu tempo para mais nada com, o árbitro finalizando o confronto.

Para o próximo compromisso, na Arena da Baixada, no dia 18, o goleiro Bento é desfalque certo, pois cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, bem como Vitinho, que cumprirá suspensão automática pela expulsão.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1×1 ATHLETICO

AVAÍ: Gledson; Renato (Tales), Raniele, Rafael Vaz (Muriqui) e Cortez; Sarará (Jean Pyerre); Bruno Silva (Eduardo), Galdezani (Nathan), Pottker e Natanael. Guerrero. Técnico: Eduardo Barroca

ATHLETICO: Bento; Khellven, Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner (Pedrinho); Hugo Moura (Erick); Fernandinho (Terans), Alex Santana, Canobbio (Rômulo) e Vitinho; Pablo (Cuello). Técnico: Felipão

Gols: Pottker (21-1º) e Terans (2-2º)

Expulsão: Vitinho (4-2º)

Cartões amarelos: Fernandinho, Vitinho, Alex Santana, Bento (Atl). Galdezani, Jean Pyerre (Av)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)

Público: 9.397 pagantes

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)

Assuntos: | |


Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…