3 maio 2023 - 21h05

ESPECIAL LIBERTADORES: Saiba mais sobre o Libertad, adversário desta quinta

Na noite desta quinta-feira (4), o Athletico Paranaense entra em campo para enfrentar o Libertad no tradicional Estádio Defensores del Chaco na cidade da Assunção, capital do Paraguai, em confronto válido pela Copa Libertadores da América 2023.

Em suas 9 participações na maior competição da América do Sul, o Furacão encarou a equipe paraguaia em 6 ocasiões. Nessas partidas, sendo 4 delas na última temporada, foram quatro vitórias do Athletico, um empate e somente uma vitória do terceiro maior campeão nacional do Paraguai.

Porém, considerando a qualidade e a experiência dos atletas que compõem o elenco do Libertad, pontuar no Defensores del Chaco certamente não será uma tarefa simples para os comandados do técnico Paulo Turra.

Na atual temporada, os alvinegros lideram o Campeonato Paraguaio com 38 pontos conquistados em 15 partidas, sendo 12 vitórias, 2 empates e uma derrota, com 31 gols marcados e somente 8 sofridos em todo o período.

Desejado pelo Furacão em 2020, Alexander Barboza é o pilar do sistema defensivo dos albinegros – Foto: Libertad

No sistema defensivo, destaque para o experiente goleiro Martín Silva, com passagem de destaque pelo Vasco da Gama e que representou o Uruguai em 11 jogos internacionais, e o zagueiro argentino Alexander Barboza, competente nas participações com a bola e jogadas de bola aérea.

Quem ocupa a lateral-direita é o experiente Ivan Piris, com passagens por São Paulo, Roma e Sporting Lisboa e que entrou em campo pela seleção do Paraguai em 35 partidas  internacionais desde o ano de 2011.

Segundo informações da imprensa paraguaia, devem completar o sistema defensivo do treinador argentino Daniel Garnero o zagueiro Diego Viera e o lateral-esquerdo Nestor Giménez, ambos paraguaios.

Diego Gómez, aos 20 anos de idade é jogador da seleção do Paraguai e atrai a atenção de grandes clubes – Foto: ABC TV

No meio-de-campo, quem sustentação e equilíbrio ao setor são os paraguaios Álvaro Campuzzano e Diego Gómez, este último acumula presenças em dois confrontos internacionais pela seleção paraguaia aos seus 20 anos de idade.

Héctor Villalba, meia-direita que na atual temporada anotou 5 gols e concedeu 8 assistências em 16 partidas, é o grande destaque do setor e a principal elemento criativos dos albinegros comandados por Daniel Garnero.

Lucas Sanabria, meia-esquerda paraguaio de 23 anos, completará o setor se reunir condições física para entrar em campo. Em termos de posicionamento tático, o padrão do Libertad é ter quatro jogadores formando as suas duas primeiras linhas em 4-4-2 no estilo inglês.

Artilheiro por onde passou, Óscar Cardozo precisa ser vigiado de perto pela defesa do Athletico Paranaense – Foto: Libertad

Por fim, o ataque da equipe paraguaia é comandado pelo atacante Óscar “Taquara” Cardozo, artilheiro que marcou 172 gols em suas 6 temporadas defendendo o Benfica e que vestiu também as camisas de Tranbzonspor e Olympiacos durante seus 10 anos de carreira no futebol da Europa.

Quem completa a dupla de atacantes habitualmente é o experiente Lorenzo Melgarejo, camisa 10 dos albinegros que construiu carreira sólida em solos português e russo. No entanto, o atacante deve desfalcar o Libertad nesse enfrentamento e Alfie Oviedo será o substituto.

Em um primeiro momento, é fundamental vigiar o perigosíssimo Óscar Cardozo, que acumula 10 tentos e 3 assistências em 15 partidas na atual temporada. Por outro lado, a ausência de Melgarejo é positiva, uma vez que Oviedo não possui a qualidade e a experiência do camisa 10 paraguaio.

E nunca é demais estar atento ao veterano atacante paraguaio Roque Santa Cruz, que aos 42 de anos de idade ainda pode mostrar lampejos do talento que permitiu que o atacante vestisse a camisa do gigante Bayern de Munique por 7 temporadas entre 1999 e 2007.



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…