29 jul 2023 - 18h07

Inconstante, Furacão apenas empata com o Cruzeiro em tarde de estreia de Zapelli

Com time misto, o Athletico recebeu o Cruzeiro neste sábado (29) na Ligga Arena. Após um primeiro tempo terrível e um bom segundo tempo, o Furacão conquistou apenas um ponto dentro de casa na partida que marcou a estreia de Bruno Zapelli com a camisa rubro negra. O empate em 3×3 deixa o clube na sexta posição, com 27 pontos.

Um primeiro tempo para se esquecer. O Cruzeiro abriu o placar logo aos sete minutos, em lance de bola alta dentro da área. Depois disso, o Athletico até ficou um pouco mais com a bola, porém sem construir nada na meia cancha, com o trio Vidal, Hugo Moura e Vitor Bueno aparentemente perdidos. O último tão perdido que, após saída errada de bola, entregou o contra ataque que rendeu o segundo gol da Raposa, aos 35 minutos. Quase que no desespero, o Furacão se lançou à frente e diminuiu o placar com Madson, após um bate rebate dentro da área.

Ao promover as entradas de Fernandinho, Erick e Pablo, nos lugares de Vidal, Hugo Moura e Cuello, Wesley Carvalho teve um time mais ofensivo em campo. Com mais segurança e posse no meio de campo, o Athletico criou mais e trabalhou melhor a bola. A falta de pontaria de Canobbio, porém, passou a ser o grande inimigo do time. Com a estreia de Zapelli, o Furacão passou a dominar as chegadas e acuar ainda mais o Cruzeiro e chegou a ao empate aos 32 minutos. Canobbio fez gol jogada e cruzou para Pablo balançar as redes. Os minutos seguintes foram de tirar o fôlego: Wesley, do Cruzeiro, marcou aos 36, deixando novamente o Cruzeiro na frente, aos 39 Canobbio sofreu pênalti e aos 42 Fernandinho bateu e empatou novamente.

As atenções agora se voltam para as oitavas de final da Copa Libertadores. O Furacão viaja à Bolívia para enfrentar o Bolivar na terça feira (2). A partida começa as 21h.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…