1 dez 2023 - 10h52

Mais um empate! 1×1 em Belo Horizonte!

Definitivamente, este é um dos anos mais frustrantes da história do Club Athletico Paranaense. O ano dos empates! O ano do “se tivéssemos tido mais ambição, vencido 3 ou 4 jogos que empatamos”, estaríamos brigando lá em cima.

Nos últimos 11 jogos, são 7 empates e 2 derrotas. Aproveitamento inferior à 40%. Lembrando que iniciamos este último terço do campeonato com chances REAIS de Libertadores, além de umas piores campanhas dentro de casa na Era dos Pontos Corridos.

Ontem, mais uma atuação sonolenta do Athletico.

Na noite quente de Belo Horizonte, empate de 1×1 contra o Cruzeiro, time que tenta escapar do rebaixamento.

Foram 26 finalizações do Cruzeiro, contra 4 do Furacão. E isso diz muito sobre o jogo.

Enquanto o Athletico “amorcegava” o jogo com passes laterais e lentidão na saída de bola, o Cruzeiro vinha com bastante apetite, brigando pela vitória e acelerando bastante o jogo, em vertical.

O primeiro tempo foi praticamente um ataque contra defesa. Várias chances de gol para o time azul.

Na mais importante delas, Artur Gomes acerta um cabeceio na trave, e em dois rebotes na pequena área, Bento faz duas defesas monumentais e garante o placar zerado.

A única chance de perigo do Athletico passa pelos pés de William Bigode. O avante atleticano entra sozinho na grande área, sem marcação, e finaliza mal para a defesa do goleiro Rafael.

Resultado do primeiro tempo: 0x0.

No segundo tempo, o Athletico acerta a marcação e faz um pouco mais de oposição ao time mineiro.

Não que o Furacão tenha melhorado, mas pelo menos conseguiu anular o Cruzeiro.

E aos 19´ do 2T, o Athletico chega ao gol. Vitor Bueno arranca pela direita, rola para Fernandinho, que num lançamento primoroso para a área encontra Erick, que escora para Vitor Roque finalizar: 1×0.

O Cruzeiro, desesperado, reage. Pressão em cima do CAP que volta a afrouxar na marcação. Wesley Carvalho saca Matheus Felipe (em PÉSSIMA jornada), e coloca Kaíque Rocha. Não funciona.

Aos 28´, numa jogada estabanada de Erick, o árbitro assinala pênalti deste em Matheus Pereira.

Bruno Rodrigues cobra para excelente defesa de Bento, melhor jogador da partida.

Mas o susto não acorda o Athletico. Cruzeiro segue pressionando e o gol de empate sai aos 39´. Nikão rola para Matheus Pereira, que bate em arco no lado direito de Bento. Erick falha mais uma fez na marcação.

O jogo segue 1×1, o Athletico se defende e garante o 14° empate na competição.

O Furacão volta à campo 3/12 contra o Santos na Ligga Arena, e despede-se do Brasileiro dia 06/12 contra o Cuiabá.

 

Ficha técnica: Cruzeiro 1×1 Athletico Paranaense
Campeonato Brasileiro 2023: 36ª rodada
Data: 30/11/2023 (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Público total: 36.696
Renda: R$ 1.519.277,50

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Maira Mastella Moreira (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Cruzeiro: Rafael Cabral; William, Neris, Luciano Castán e Marlon; Ian Luccas (Fernando Henrique, aos 12′ do 2º tempo), Filipe Machado (Lucas Silva, aos 12′ do 2º tempo), Japa (Nikão, aos 32′ do 2º tempo) e Matheus Pereira; Bruno Rodrigues (Rafael Elias, aos 36′ do 2º tempo) e Arthur Gomes (Robert, aos 36′ do 2º tempo)
Técnico: Paulo Autuori
Gol: Matheus Pereira, aos 39′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Ian Luccas e Neris

Athletico: Bento; Cacá, Thiago Heleno e Matheus Felipe (Kaique Rocha, aos 13′ do 2º tempo); Cuello, Fernandinho, Erick e Christian (Rômulo, aos 44′ do 2º tempo); Vitor Bueno (Hugo Moura, aos 37′ do 2º tempo), Willian (Vitor Roque, no intervalo) e Bruno Zapelli (Madson, no intervalo)
Técnico: Wesley Carvalho
Gol: Vitor Roque, aos 19′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Matheus Felipe, Cacá, Hugo Moura e Rômulo

 



Últimas Notícias

Paranaense

Atletiba acaba empatado

Coritiba e Athletico ficaram no empate de 1 X1 no Couto Pereira no final da tarde, quase noite pelo Paranaense 2024. Mastriani abriu o placar…