20 jan 2024 - 12h00

Seja com Mastriani ou Bareiro, não haverá um outro Vitor Roque para o Furacão

Em 8 de Julho de 2023, o Athletico Paranaense anunciou oficialmente que o atacante Vitor Roque reforçaria o Barcelona em negociação que poderá chegar aos impressionantes 74 milhões de Euros.

Desde a mencionada data, a preocupação recorrente dos torcedores tem sido sobre encontrar uma reposição adequada para o jovem prodígio. Foram muitos os nomes oferecidos, incluindo os mais diversos perfis, mas o Furacão segue procurando um substituto ideal.

Gonzalo Mastriani foi o primeiro opção a ser noticiada, e bastante celebrada pelo seu bom desempenho com a camisa do América Mineiro na última temporada, porém não foi possível concluir a negociação com os mineiros.

Segundo as informações vindas da Argentina, o atacante paraguaio Adam Bareiro seria o nome da vez na Ligga Arena. Destaque de 27 anos do San Lorenzo, tem sido titular da seleção do Paraguai e marcou 18 gols em 48 partidas disputadas durante a temporada 2023.

Financeiramente, a operação não é simples, o clube de Almagro recusou recentemente propostas na casa dos 6 milhões de Dólares pelo centroavante e buscará capitalizar com a negociação e assim mitigar a sua crise econômica.

Sobre as questões de ordem técnica, não faltarão oportunidades para analisar o atacante se e quando oficializarem a contratação. Entretanto, há algo que causa enorme inquietação neste colunista: estamos preparados para entender que não haverá um novo Vitor Roque?

Quem quer que venha a se tornar o próximo camisa 9 do Athletico, seja brasileiro ou estrangeiro, um grande definidor ou um centroavante de participação na articulação das jogadas ofensivas, a própria raridade que caracteriza os craques transformará o novo atacante em menos especial.

E quando chegar esse momento, será nosso papel como torcedores compreender que uma página de rara felicidade acabou de ser virada na história rubro-negra. De minha parte, o que espero é que o trabalho da diretoria possa tornar essa transição menos custosa para a esperançosa torcida.



Últimas Notícias