Em ritmo de treino, Athletico empata com o Paraná e garante vaga na semifinal do paranaense

Em ritmo de treino, Athletico empata com o Paraná e garante vaga na semifinal do paranaense

O Athletico empatou com o Paraná Clube nesta tarde de quarta (16) na Arena da Baixada, pelo placar de 0 a 0. Com o empate o Furacão garantiu a classificação, já que havia vencido a primeira partida por 2 a 0, e agora enfrenta o FC Cascavel na semifinal do estadual.

O rubro-negro veio bastante modificado para a partida, com vários titulares sendo poupados e o retorno a equipe de alguns jogadores que frequentemente aparecem na equipe titular, como Jadson, Renato Kayzer e Fernando Canesin.

Primeiro tempo

A primeira etapa um pouco mais movimentada por parte do rubro-negro e o torcedor viu o que se espera quando um time de série A enfrenta um de série C. Posse de bola, pressão e finalizações.

Superior, o Athletico até chegou algumas vezes ao ataque, mas não conseguiu abrir o placar. Aos 21 minutos Felipe Aguilar carimbou o travessão de cabeça.

Renato Kayzer, que não é mais o titular absoluto da posição, teve diversas chances, mas não aproveitou nenhuma. Aos 25 bateu mascado da entrada da área, aos 30 perdeu um gol imperdível de cabeça, quase dentro da pequena área e aos 47 ainda bateu uma falta para fora, sem perigo.

Segundo tempo

A superioridade no primeiro tempo deixou um gostinho de “quero mais” para o torcedor atleticano. Parecia que o gol viria ao natural na segunda etapa, mas não foi o que aconteceu.

O rubro-negro voltou a campo demonstrando que apenas aguardava os próximos 45 minutos para comemorar a classificação. Sonolento e “jogando para o gasto”, começou a dar mais espaços e o tricolor passou a chegar mais ao ataque, mas sem perigo.

As entrada de Vitinho, Christian e Vinicius Mingotti aos 28 não mudaram muito o panorama da partida, que seguiu com placar fechado até o final.

Pontos positivos

Destaque para o meio campo Jadson nas bolas paradas: além de muita qualidade nos escanteios e cruzamentos, o veterano de 37 anos ainda quase anotou o dele de falta.

Zé Ivaldo também fez mais uma ótima partida e deixou claro o porquê de hoje ser o terceiro homem na zaga, atrás apenas dos titulares Thiago Heleno e Pedro Henrique.

E a zaga atleticana segue mais uma partida sem sofrer gols.

Pontos negativos

Fernando Canesin e Renato Kayzer mostraram hoje porquê perderam espaço na equipe titular. Kayzer não aproveitou as diversas chances que teve durante a partida, enquanto Canesin não consegue contribuir na construção de jogadas da equipe.

Próximas partidas

Pelo Paranaense não se sabe quando o Furacão volta a campo para enfrentar o FC Cascavel pela semifinal do Campeonato Paraense. O rubro-negro possui partidas já marcadas, entre meio de semana e final de semana, até o início de agosto. E caso passe para as próximas fases dos torneios eliminatórios (Sul Americana e Copa do Brasil), esta demora deve se estender ainda mais.

Pelo brasileiro, o Furacão recebe o xará goiano já no domingo na Arena da Baixada. O duelo inicia às 18h15 e é válido pela quinta rodada do torneio, já que o Athletico teve a partida com o Flamengo, válida pela quarta rodada, adiada.


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…