31 jan 2020 - 15h00

Para matar a saudade

Desde a quarta-feira, dia 04 de dezembro o torcedor atleticano não vê de perto o time do coração. Naquela noite em que Marco Ruben fez o (seu último) gol da vitória sobre o Santos, Bruno Guimarães também se despediu do clube entrando como capitão na segunda etapa. Além disso, Camacho, Léo Pereira e Marcelo Cirino jogaram aquela partida e não fazem mais parte do elenco, sem contar o atacante Rony que segue com situação indefinida mas que dificilmente veste novamente a camisa atleticana.

Passados exatos 60 dias, o torcedor rubro-negro vai poder assistir os “sobreviventes” ao desmanche feito pelo clube no início da temporada, além de reencontrar velhos conhecidos que não eram titulares como Jonathan e Lucho Gonzales, além de poder conhecer os novos contratados como Fernando Canesin, Carlos Eduardo, Marquinhos Gabriel e o treinador Dorival Jr.

Modificando um pouco o planejamento dos últimos anos, mas atendendo pedido de comissões técnicas anteriores, o departamento de futebol atleticano optou por utilizar o time principal em algumas partidas do estadual para dar-lhes ritmo de jogo mais competitivo do que amistosos e jogos treino antes da estreia nas competições mais importantes do ano. Sendo assim, o time de aspirantes que conheceu sua primeira derrota na noite de quinta-feira (30) terá uma pausa para melhores ajustes enquanto o time principal vai a campo para manter a liderança da competição.

O ADVERSÁRIO

Enquanto o Athletico lidera o certame com 9 pontos em 4 partidas ao lado do Londrina, o Paraná Clube é somente o 9º colocado com 4 pontos e estaria fora da segunda fase do campeonato hoje. Envolto em problemas financeiros, o time tricolor vem de duas derrotas seguidas em casa e entra como franco atirador na Baixada onde não vence o rubro-negro desde 2007 quando Joelson marcou de cabeça o gol solitário da partida válida pelo Brasileiro daquele ano.

Em 2019 as equipes se enfrentaram somente pelo estadual na Vila Capanema com empate em 1 X 1 com gols de Jenison e Vitinho. Após exaustiva pesquisa, localizamos a última vitória do Paraná sobre o Athletico: foi no Paranaense 2017 por 1 X 0 com gol de Renatinho. De lá para cá foram 6 jogos com 3 vitórias atleticanas sendo duas por 3 X 0 e três empates.

SERVIÇO

A partida terá transmissão do canal virtual DAZN. O Athletico anunciou que passaria as partidas através de suas plataformas digitais, fato que por enquanto ainda não ocorreu.

Diferentemente das últimas cinco partidas dentro do Joaquim Américo, o clube não fará mais promoção de ingressos a R$ 50. As entradas já estão á venda desde quinta (30) ao custo mínimo de R$ 100 e mais informações podem ser obtidas aqui.

A partida do próximo domingo tem início previsto para às 18h.



Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…

Fala, Atleticano

Planejamento

Alguns equívocos sucederam a saída de Thiago Nunes da equipe principal, razão pela qual da queda brutal no desempenho em campo, este recuperado parcialmente para…