15 out 2020 - 0h58

Derrota amplia movimento da torcida por #ForaPauloAndré e #ForaEduardoBarros

“Vox populi, vox Dei”. A famosa expressão que vem do latim e significa “A voz do povo é a voz de Deus” reflete a crença milenar de que o julgamento popular significa uma resposta divina às mais diversas questões [confira no final do texto um pouco mais da explicação sobre o assunto].

Numa analogia aos tempos atuais e levando o tema ao futebol, quando se pergunta o que acontece com o futebol atleticano, a resposta dos torcedores é clara e objetiva: falta de comando, começando pela direção de futebol e culminando com o treinador.

É o que se vê com facilidade nas redes sociais, após o quinto jogo consecutivo do Athletico sem vitória – o revés mais recente nesta quarta-feira (14), contra o Corinthians, na Arena – na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com o pior ataque da competição e uma sequência de apresentações extremamente fracas. Um cenário nada favorável e que reflete as manifestações mais sinceras do povo atleticano: mudanças na direção de futebol e no comando técnico do time – urgentes!

Minutos depois do apito final e da derrota em casa por 1 a 0 para o Corinthians [leia mais no texto: Decepção. Pressão], que colocou o Rubro-Negro na incômoda 18ª colocação, entre os assuntos do momento em Curitiba no twitter estavam: Eduardo Barros (3ª colocação) e Paulo André (8ª colocação). Ao diretor de futebol, um destaque especial, pois a hashtag #ForaPauloAndré voltou a ganhar força e coro entre os internautas:

Enquete do perfil da Furacao.com no twitter (@furacaocom) também quis saber a opinião dos torcedores sobre culpados pelo péssimo momento do time na temporada: 39,7% aponta Paulo André; 9,9% Eduardo Barros e 43,3% ambos – outros motivos tem 7,1% [a enquete tem duração de 24h e ainda está em andamento em nosso perfil]:

Sobrou até crítica ao trabalho do diretor e analogia à transmissão do jogo pelo Furacão Play, que travou e caiu em vários momentos do segundo tempo:

E você, leitor da Furacao.com, o que acha de tudo isso? Manifeste sua opinião no Fala, Atleticano ou em nossas redes sociais:

instagram.com/furacaocom

twitter.com/furacao.com

facebook.com

 

“Vox populi, vox Dei”

Como já escrevemos acima, a famosa expressão que vem do latim e significa “A voz do povo é a voz de Deus” reflete a crença milenar de que o julgamento popular significa uma resposta divina às mais diversas questões. Tal preceito iniciou-se na região de Acaia, no Peloponeso, com a manifestação curiosa do deus Hermes: o consulente entrava, fazia a pergunta ao oráculo e saia do templo com as orelhas tapadas; as palavras ditas pelos primeiros transeuntes que passavam por ele, seriam as tais “respostas divinas”, ou seja, perguntava-se a um deus, mas era o povo quem respondia.

E aí, deuses do futebol, de quem é a culpa pelo péssimo momento do futebol atleticano?

 



Últimas Notícias

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…