30 maio 2014 - 21h36

Manoel não consegue antecipação de tutela

O zagueiro Manoel ajuizou ação trabalhista contra o Atlético, visando a rescisão de seu contrato de trabalho. O jogador requereu antecipação de tutela, ou seja, que os efeitos da sentença fosse antecipados para o início da demanda, e não somente ao seu fim. Num primeiro momento, a juíza responsável entendeu que antes de tomar qualquer decisão, deveria o Furacão apresentar documentos que afastassem as alegações do beque: atraso no pagamento de direitos de imagem, premiação pela classificação à Libertadores 2014 e demais encargos trabalhistas.

O Atlético apresentou os comprovantes de pagamento e o processo foi remetido à análise da magistrada, que indeferiu o pedido do atleta. Foi agendada uma audiência para o próximo 11 de junho, em que será proposta uma conciliação entre as partes. Caso não haja acordo, o Atlético deverá apresentar sua defesa.

Manoel tem contrato com o Furacão até o final de 2015. De acordo com a jornalista Nadja Mauad, Cruzeiro, São Paulo e Roma-ITA teriam interesse no futebol do jogador. Ainda de acordo com a jornalista, o Cruzeiro informou ao Atlético que cobre qualquer proposta.

O time mineiro deve pagar 3 milhões de euros, por 50% dos direitos do zagueiro.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

2020, como será?

Já estamos garantidos na Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, e qual será os objetivos para 2020? Libertadores é um destes objetivos, um sonho…

Brasileiro

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0,…