O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
3 out 2016 - 11h28

Rafael Galhardo 2 x 0 Furacão

Derrota fora de casa, para o Santos não deveria ser lamentada. Porém pela maneira que jogamos, e pela maneira que o Santos jogou (apesar que muito inteligente), poderíamos ter um resultado melhor. Esta é uma derrota que entristece, que nos deixa p*** da cara. Como disse amigo em artigo anterior, ‘a falta de ambição que entristece’.

O Furacão foi bem escalado pelas circunstâncias do jogo, o retorno de alguns atletas no Santos e vitória do Fluminense mais cedo. Dominávamos as ações apesar do Pablo (só não foi o pior em campo por causa do Galhardo), e do Lucas Fernandes (muita correria, pouca eficácia) não renderem no setor ofensivo.

Porém quando em um lance irresponsável (para um time que só ganha em erros dos rivais e perde nos próprios erros)entregamos de bandeja um pênalti, que não foi, e tomamos o gol.

No segundo tempo poderíamos (deveríamos) ver um time modificado, mais ofensivo, pois com o placar adverso o time escolhido já não servia. Porém a falta de vontade de ganhar do Autuori(ou medo, ou falta de ambição) não mexeu no time, mesmo tentando atacar. Oras, com Pablo perdido em campo, Lucas Fernandes cansado, Rosseto fazendo uma péssima partida, os laterais mal, não teria como. Quando o treinador resolveu modificar, fez modificações sem sentido algum, pois Marcos Guilherme (que não vive uma boa fase)não teria espaços para jogar com o time já perdendo o jogo(mais uma vez Paulo Autuori colocou o moleque na fogueira) e Luan que é um jogador tático não criariam um fator novo. Demais a mais, por mais que Lucas Fernandes e Lucho estivessem cansados, Pablo, Rosseto, Nicolas, Galhardo, poderiam estar entre os escolhidos para saírem.

A falta de coragem de Autuori (que tinha opções no banco como Guilherme, João Pedro, Yago) para criar um fato novo, e mais um erro de Rafael Galhardo derrubaram nosso Furacão hoje.

Temos um elenco bom (padrão Brasil), nossos ‘moleques’ são extremamente promissores, nosso treinador (mesmo quando ‘covarde’) é um bom treinador. Precisamos de coragem, vontade de vencer, e criatividade para conquistar vitórias fora de Curitiba e alçar voos mais altos.

Por incrível que pareça, temos time para brigar pelo G4, porém precisamo explicar isso para os jogadores e comissão técnica.

Analisando o time, o Atlético foi bem, tomou dois gols em falha de Galhardo. Porém individualmente foi um jogo muito ruim dos seguintes atletas:

Rafael Galhardo -irresponsável, tentou uma virada de jogo com o time atacando proporcionando a jogada do pênalti, perdeu a bola de maneira estúpida no segundo gol)

Nicolas – a pior apresentação dele desde que assumiu a posição, marcando errado, errando passes fáceis, mal na bola parada.

Rosseto – na mesma linha do Nicolas, a pior apresentação com a camisa titular, marcando mal, saindo mal para o jogo, só tocando para trás e mal posicionado)

Pablo – sem comentários. Foi simplesmente ridículo.(o que atrapalhou foi a escalação do seu Autuori, onde não ficou claro qual a função dele neste jogo, serve para amenizar)

Que fique claro aos amigos, o fato de fazer duras críticas ao time hoje não significa que defendo a queda do treinador,a demissão de jogadores, a contratação de reforços,etc. As críticas que ouso fazer vem justamente porque este time pode ir mais longe, desde que tenha coragem e ambição.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Generosidade?

Uma busca rápida no mais simples dicionário permite apurar que o conceito de “generosidade” remete à ideia de gentileza; de adoção de uma prática nobre…